WTCC: Yvan Muller e James Thompson vencem em Imola

O líder do campeonato, o francês Yvan Muller, num Seat Leon TDI da Seat Sport, e o inglês James Thompson, num Honda Accord da N Technology, foram os vencedores da 9º rodada dupla da temporada, disputada neste domingo (21/09) em Imola, na Itália. Muller lidera a tabela de pontos com 80 pontos.

Na primeira prova do dia, Muller superou o pole-position, o parceiro de equipe, o sueco Rickard Rydell, logo na primeira curva, liderando até a bandeirada final. Rydell chegou apenas 0s411 atrás do vencedor. Thompson completou o pódio.


O inglês Robert Huff, num Chevrolet Lacetti da RML, chegou em 4º, segido pelo vice-líder do campeonato, o italiano Gabriele Tarquini, num Seat Leon TDI da Seat Sport. O italiano Nicola Larini, num Chevrolet Lacetti da RML, foi o 6º. A dupla da Schnitzer, o brasileiro Augusto Farfus e o alemão Jörg Müller, levaram seus BMW 320si a 7ª e 8º posições. Eles garantiram a primeira fila para a segunda prova.


A maior disputa da prova envolveu Thompson e o suíço Alain Menu, num Chevrolet Lacetti. Na Tamburello os dois se tocaram com Menu rodando, indo parar na brita, abandonando a corrida.


O mexicano Sergio Hernández, num BMW 320si da Protean, venceu entre os pilotos independentes.


Na largada Tarquini ficou parado no grid, com o espanhol Felix Porteiro, num Seat Leon TDI da Seat Sport, na tentativa de superar Muller, não vendo o Seat parado.  Ele acertou a traseira do parceiro de equipe, com ambos abandonando. O safety-car foi acionado.


O pelotão teve que passar pelo pit-lane por três voltas, para permitir que a pista fosse limpa. Na relargada o pole-position Müller manteve a liderança, com Thompson, que já havia passado Huff antes do safety-car, superando desta Larini, indo para a segunda posição.


Com um carro muito acertado, Thompson superou Müller, na 7º volta, vencendo pela primeira vez no ano. Huff, em 3º, completou o pódio.


Larini foi 4º, seguido por Muller e Rydell. O tri-campeão, o inglês Andy Priaulx, num BMW 320si da RBM, chegou em 7º, com Farfus completando os oito primeiros. O BMW do brasileiro largou em 2º, e foi perdendo rendimento ao longo da corrida. Ele foi ultrapassado por Priaulx na última volta.


Hernandez venceu novamente entre os independentes.


Muller soma 80 pontos na tabela, doze a mais do que Tarquini. Rydell, em 3º, tem 62.


A próxima rodada dupla acontece no dia 05 de outubro, em Monza, na Itália.


 


Final, prova 1:


1 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Oreca – 11 voltas em 21’24″523
2 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 0″411
3 – James Thompson (Honda Accord) – N Technology – 0″773
4 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 1″376
5 – Gabriele Tarquini (Seat Leon TDI) – Seat – 2″086
6 – Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML – 3″047
7 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 3″364
8 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 3″906
9 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 6″255
10 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Ravaglia – 7″545
11 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 8″411
12 – Alex Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 14″356
13 – Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Oreca – 14″743
14 – Pierre Yves Corthals (Seat Leon) – Exagon – 14″820
15 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 15″355
16 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 15″804
17 – Jordi Gené (Seat Leon TDI) – Seat – 22″172
18 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Proteam – 22″414
19 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 22″748
20 – Andrey Romanov (BMW 320si) – Engstler – 29″464
21 – George Tanev (BMW 320si) – Petrol GT – 41″517


Volta mais rápida: James Thompson 1’55″388


Abandonos:


Alain Menu – 6 voltas
Viktor Shapovalov – 4 voltas
Ibrahim Okyay – 3 voltas
Kirill Ladygin – 3 voltas


Final, prova 2:


1 – James Thompson (Honda Accord) – N Technology – 13 voltas em 30’20″607
2 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 1″120
3 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 1″858
4 – Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML – 3″353
5 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Oreca – 4″034
6 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 4″378
7 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 5″142
8 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 6″029
9 – Alex Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 6″179
10 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 6″349
11 – Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Oreca – 7″016
12 – Alain Menu (Chevrolet Lacetti) – RML – 11″521
13 – Pierre Yves Corthals (Seat Leon) – Exagon – 12″393
14 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 13″757
15 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 14″437
16 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Proteam – 14″850
17 – Jordi Gené (Seat Leon TDI) – Seat – 20″103
18 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 20″504
19 – George Tanev (BMW 320si) – Petrol GT – 31″190
20 – Andrey Romanov (BMW 320si) – Engstler – 33″742
21 – Ibrahim Okyay (BMW 320si) – Borasun – 34″731
22 – Kirill Ladygin (Lada 110) – Russian Bears – 40″905


Volta mais rápida: Tiago Monteiro 1’55″592


Abandonos:


Felix Porteiro – 0 voltas
Gabriele Tarquini – 0 voltas


Campeonato:


1.Y.Muller 80;
2.Tarquini 68;
3.Rydell 62;
4.Huff 61;
5.Priaulx 55;
6.Jorg Muller 52;
7.Porteiro 50;
8.Farfus 46;
9.Gené 43;
10.Menu 40;
11.Larini 38;
12.Monteiro, Zanardi 29;
14.Cortharls 24;
15.Thompson 19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *