X Games: Com time brasileiro, X Games é o novo desafio de Piquet Jr. e Spinelli

O Brasil agora conta com uma equipe nas “Olimpíadas dos Esportes Radicais”

O X Team Mitsubishi Racing é a grande novidade da edição brasileira dos X Games, as Olimpíadas dos esportes radicais, que realizam uma etapa em Foz do Iguaçu (PR), entre os dias 18 e 21 de abril. Representada pelos pilotos Nelsinho Piquet e Guilherme Spinelli, o X Team Mitsubishi Racing fará sua estreia no campeonato em solo brasileiro, com o objetivo de se estabelecer na divisão Global RallyCross (GRC) dos X Games e disputar regularmente o campeonato também em 2014. Outras participações estão planejadas ao longo da atual temporada. Neste primeiro ano, Piquet e Spinelli se revezarão ao volante do modelo Petrobras Mitsubishi EVO XTR. Nelsinho será o responsável pela estreia do time em Foz do Iguaçu.

Com investimento da XYZ Live Sports, representada pelo empresário Geraldo Rodrigues, o X Team Racing foi fundado para abrir as portas da Nascar para pilotos do Brasil, com o plano de chegar à categoria principal em cinco anos. O espírito pioneiro do X Team Racing agora amplia seus horizontes para a categoria Global RallyCross dos X Games, modalidade que conta com alguns dos melhores pilotos do mundo. Nessa nova largada, a equipe já começa ao lado de fortes marcas como Mitsubishi, Petrobras, SKY e Outback.

“Colocar uma equipe nos X Games é um sonho para qualquer time do esporte a motor de qualquer parte do mundo”, resume Geraldo Rodrigues. “É um dos eventos esportivos de maior prestígio e seriedade no mundo e isso diz muito também em termos de nossos concorrentes: só há pilotos e times de primeira qualidade. Dito isso, tenho que admitir que temos um grande desafio pela frente. Mas nos cercamos de pilotos, patrocinadores e parceiros para os quais a vitória é uma rotina. Será um grande momento para a nossa equipe. E sei que vamos responder à altura. Será uma honra”, completa Rodrigues, que também é o profissional mais bem sucedido do marketing esportivo no automobilismo brasileiro.

Um grande nome – Um dos principais nomes da nova geração do automobilismo brasileiro, Nelsinho Piquet vem de família tradicional no esporte (seu pai, Nelson, é tricampeão mundial de F-1 e os irmãos também correm: Geraldo na F-Truck e Pedro, no kart). Mas Nelsinho vem trilhando seus próprios caminhos. Depois de uma carreira bem-sucedida nos monopostos, com títulos de F-3 (campeão), GP2 (vice) e passagem pela Fórmula 1, o jovem Piquet decidiu mudar o foco para os carros do tipo turismo, mais precisamente a categoria norte-americana Nascar. Neste ano, Nelsinho disputa uma das duas principais divisões do torneio, conhecida como a Nationwide. Piquet é o único brasileiro que conquistou uma vitória na Nascar, justamente pelo X Team Racing, na divisão K&N Pro Series East.

“Competir de carro está no meu DNA e é algo que faço desde que nasci. É um prazer e uma honra participar de um projeto de renome internacional como os XGames, iniciando minha trajetória em pista de terra com o apoio de marcas tão importantes para o esporte a motor como Petrobras, Mitsubishi e Sky, diz Piquet “Morando nos Estados Unidos pude conferir de perto a força do rallycross como categoria. São provas muito dinâmicas, com desafios para os pilotos e de fácil entendimento para o público. É um formato excelente para TV também”, detalha.

Principal nome do rali brasileiro na atualidade, Guilherme Spinelli vem somar à equipe sua vitoriosa experiência em provas fora de estrada. Ao longo de sua carreira, Guiga, como é conhecido, disputou e venceu campeonatos de diversos estilos: regularidade, velocidade e cross-country. Entre suas façanhas está a conquista do Rally Internacional dos Sertões, um dos mais tradicionais e difíceis do mundo. Em 2013, Spinelli será protagonista de mais um marco para o esporte a motor nacional, ao integrar a equipe que disputará os X Games.

Empolgação – “Estou super feliz e empolgado com esse projeto, que tem grandes apoiadores, o Lancer Evo X, que é um super carro para pilotar, e ao lado de um ídolo como o Nelsinho Piquet. Estou na torcida, de dedos cruzados, para ele arrebentar em Foz, correndo em casa, o que dá mais sorte. Que ele tenha o melhor resultado possível. Não vejo a hora de chegar a minha vez de correr contra esses os pilotos incríveis dessa competição”, afirma Guiga.

Para Marcelo Miranda, Diretor de Marketing da SKY, a tecnologia empregada pelo X Team Mitsubishi Racing incentivou a empresa a apoiar a iniciativa. “A SKY tem um projeto muito forte no esporte, apoiando o desenvolvimento de muitas modalidades no Brasil e incentivando o surgimento de novos talentos. Adotamos o esporte como uma de nossas plataformas de patrocínio, pois ele é um dos conteúdos mais assistidos na TV por assinatura. E o que vemos aqui nesta equipe tem muita sinergia com o espírito que levou a própria SKY a se tornar líder no nosso segmento: ela une tecnologia, juventude e um potencial para grandes realizações. Acredito que este projeto é muito inspirador e com o tempo vai se tornar um marco brasileiro neste esporte.”

Já Fernando Julianelli, Diretor de Marketing da Mitsubishi, lembra que o Lancer Evolution é um modelo de sucesso no esporte. “A Mitsubishi Motors sempre investiu muito no desenvolvimento do esporte a motor no Brasil e este novo projeto traz muito do espírito 4×4 da marca. Levaremos para as pistas da competição não apenas um carro, mas um verdadeiro mito, o Lancer Evolution, que tem um DNA campeão e sempre representa muito bem a Mitsubishi e todos os envolvidos em seus desafios. Além disso, teremos pilotos campeões a bordo do veículo, o que deve elevar ainda mais o status desta parceria e trazer frutos não só para a marca, mas para todo o esporte. Em resumo, teremos uma competição inovadora, com pilotos de alto nível e um carro de alta performance, trio que tem tudo para dar muito certo.”

Parceria tecnológica – A Petrobras é uma das apoiadoras da equipe X Team Mitsubishi Racing. Em abril de 2012, a companhia passou a patrocinar a equipe Mitsubishi Petrobras, que disputa o Rally dos Sertões e o Rally Dakar, com o piloto Guilherme Spinelli e o navegador Youssef Haddad. Na ocasião, a montadora e a Petrobras fecharam uma parceria tecnológica. A partir desta data, a Mitsubishi passou a recomendar o uso dos combustíveis Petrobras em todos os seus modelos. A Petrobras patrocinará a transmissão da prova pelos canais ESPN, com o objetivo de fortalecer e ampliar a visibilidade de sua marca.

O espírito de aventura que caracteriza o esporte foi um dos motivos que levou a rede Outback a apoiar a iniciativa. “Identificamos no rali uma grande sinergia com os valores que praticamos em nossos restaurantes, como a excelência, a fuga da rotina e o trabalho em equipe”, explica Antonio Marchese, Diretor de Marketing do Outback, empresa que apostou na X Team Mitsubishi Racing como uma de suas principais plataformas de patrocínio para este ano.

CALENDÁRIO DO GLOBAL RALLYCROSS CHAMPIONSHIP

1ª etapa – 18 a 21 de abril – Foz do Iguaçu (Brasil)
2ª etapa – 16 a 19 de maio – Barcelona (Espanha)
3ª etapa – 27 a 30 de junho – Munique (Alemanha)
4ª etapa – 10 a 13 de julho – New Hampshire (Estados Unidos)
5ª etapa – 17 a 20 de julho – Bristol (Estados Unidos)
6ª etapa – 31 de julho a 3 de agosto – Los Angeles (Estados Unidos)
7ª etapa – 7 a 10 de agosto – Atlanta (Estados Unidos)
8ª etapa – 19 a 22 de setembro – Charlotte (Estados Unidos)
9ª etapa – data a definir – Las Vegas (Estados Unidos)

FICHA TÉCNICA
PETROBRAS MITSUBISHI EVO XTR

Motor: MIVEC Turbo (Garrett TR30R)
Potência: aproximadamente 475 cavalos
Câmbio: sequencial, seis marchas
Tração: integral
Suspensão: Exe-tc
Rodas: Enkei Nt03+M
Pneus: Cooper RallyCross
Freios, pinças e rotores: AP Racing
Capô e asa traseira: fibra de carbono
Portas, parachoques, carroceria traseira e paralamas: material composto
Painel: fibra de carbono
Banco, cinto, extintor e santantonio: de acordo com as especificações da FIA

SOBRE OS X GAMES
Criado em 1995 nos Estados Unidos com o nome The Extreme Games, os X Games são considerados a Olimpíada dos esportes radicais. O evento é reconhecido no mundo todo como referência em esportes de ação. A partir de 2013, os X Games passam a ter seis eventos ao redor do mundo, com Foz do Iguaçu se juntando a Aspen (EUA), Tignes (FRA), Barcelona (ESP), Munique (ALE) e a cidade-sede Los Angeles (EUA). No Brasil, os melhores atletas das modalidades Moto X, Global RallyCross, Skate e BMX disputarão medalhas de ouro, prata, bronze e prêmios em dinheiro em 15 competições.

No GRC, categoria do X Team Mitsubishi Racing, dezesseis pilotos correm em uma pista que se alterna entre asfalto e terra. Na briga pelo ouro, são classificados dez pilotos para a fase final. Eles disputam uma corrida de seis voltas, na qual vence quem ultrapassar primeiro a linha de chegada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *