500 Milhas de Kart: Largada noturna é confirmada

Tevê, tradição e menor desgaste dos pilotos mantêm horário de edições anteriores.


Os organizadores das 500 Milhas de Kart Ganja Viana anunciaram nesta terça-feira que a largada da 10ª edição será mesmo na noite do dia 2 de dezembro. Piloto e promotor do principal evento do kartismo brasileiro, Felipe Giaffone disse que três foram os principais motivos para a decisão: interesse da TV Bandeirantes, detentora dos direitos de transmissão, tradição e preocupação com o desgaste físico dos participantes.

“Havia um rumor no meio de que anteciparíamos o início da corrida para o período da tarde. Por isso, achamos melhor esclarecer o assunto de uma vez por todas. Até agora, a largada sempre foi à noite – e esse aspecto, de uma corrida de longa duração que atravessa a madrugada, foi levado em consideração. Para nós, é também vantajoso na medida em que, além dos flashes ao vivo na tevê aberta, o canal a cabo Bandsports pode levá-la ao ar na íntegra, o que agrada aos nossos patrocinadores e aos das equipes. E há ainda uma questão técnica. Durante o dia, especialmente sob sol, a pista tende a ficar mais emborrachada e forçar as costas dos pilotos. Como estamos entrando na décima prova, alguns já estão ficando velhinhos e sentem mais”, brincou Giaffone.

As equipes pré-aprovadas no processo de seleção estão sendo chamadas no Kartódromo Internacional Granja Viana, em Cotia, para confirmar a inscrição. O número de interessados superou amplamente a capacidade máxima de 74 karts. Mais de 110 pedidos foram apresentados e a escolha está tomando em conta a fidelidade aos campeonatos organizados no local e a origem da equipe, de modo a ampliar a abrangência das 500 Milhas e torná-la cada vez mais um acontecimento nacional.

A regularização das inscrições deve ser feita na secretaria durante o horário comercial. Cada equipe deverá fornecer a relação de seus pilotos, que não poderão ser menos de dois e mais do que 10. Quem não se apresentar no prazo estipulado pelos organizadores perderá a vez e será obrigado a entrar no final da lista de espera de possíveis desistências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *