A1GP: Bruno Junqueira volta ao carro do Team Brasil nas ruas de Durban

Bruno Junqueira será o piloto do carro verde e amarelo no próximo domingo (dia 24), quando a A1 GP realiza a sétima etapa da temporada 2007/2008 na África do Sul. O mineiro de 31 anos (04/11/1976) vai levar para o circuito de rua de 3,28 km de Durban, onde já defendeu o Team Brasil em 2007, toda a experiência adquirida em sete temporadas da Champ Car, onde boa parte das provas é disputada em pistas temporárias.

O piloto reserva, que senta no carro na sexta-feira, no treino de 50 minutos dividido em duas sessões de 25 destinado aos calouros, será Xandinho Negrão. O piloto de 22 anos, que tem na bagagem três temporadas na GP2, já fez o teste dos calouros da A1 GP na corrida de Brno, República Tcheca, em outubro de 2006, na segunda temporada da Copa do Mundo de Automobilismo.  

O traiçoeiro circuito de rua de Durban, desenhado especialmente para a A1 GP, é estreito e cheio de muros, o que torna as ultrapassagens difíceis e a posição de largada fundamental. Em 2007 Junqueira foi o sétimo colocado na Feature Race, a melhor colocação do Team Brasil numa temporada marcada por muitos problemas no acerto do carro. Esta pista está presente nas três temporadas da A1 GP. Na primeira delas, Nelsinho Piquet fez uma volta em 1:18.178, até hoje o recorde do circuito.

Bruno Junqueira: “Não vejo a hora de voltar a Durban e à A1 GP. Apesar de não sentar no carro da A1 desde maio, andei aqui ano passado e pelo menos conheço a pista. Ano passado a prova aqui foi razoável, mas este ano o carro está bem mais competitivo e espero subir ao pódio”.

Xandinho Negrão: “Fiquei muito feliz com o convite para me juntar novamente ao Team Brasil, para mim é uma grande oportunidade. Andei no carro há um ano e meio, e foram apenas 12 voltas. Provavelmente vou estranhar algumas coisas, mas sei que o carro está muito mais redondo do que quando eu pilotei. Vou dar o máximo de mim para ser rápido e ajudar o time a acertar o carro durante a minha sessão.”

Fotos: A1GP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *