ALMS: Incidente na volta final impede primeira vitória de Melo Júnior em 2008

Piloto brasileiro deixa Elkhart Lake lamentando quinto lugar na sétima etapa e diz que “às vezes é difícil acreditar nas coisas que acontecem”.

As quatro horas de disputa da sétima etapa da American Le Mans Series, no último sábado em Elkhart Lake, proporcionaram emoções distintas para Jaime Melo Júnior. O brasileiro da Risi Competizione, atual campeão da classe GT2, viu a chance da primeira vitória no ano crescer até a última volta da corrida do último sábado (9) e cair por terra a poucos segundos da bandeirada final, conseqüência da manobra de um retardatário que o deixou em quinto lugar.


Largando em segundo entre os pilotos da GT2, Melo assumiu o comando da corrida e, até o final de seu turno de pilotagem, abriu uma vantagem superior a nove segundos em relação a seus adversários diretos. O finlandês Mika Salo, com quem reveza a pilotagem da Ferrari F430 número 62 da Risi, assumiu o turno final com o objetivo de se valer desta vantagem para levar a dupla pela primeira vez no ano ao degrau mais alto do pódio na série norte-americana.


Tudo indicava que conseguiria. Salo abriu a última volta da corrida como líder. Em uma curva de baixa velocidade, foi atrapalhado pelo retardatário norte-americano Harrison Brix, também piloto da Risi, e perdeu o primeiro lugar para o inglês Richard Westbrook, da Farnbacher Loles. Na tentativa de recuperar a ponta e a vitória, Salo acabou rodando e perdendo mais três posições.


“Mais uma vez, nós estávamos de cara para a vitória e um imprevisto pôs tudo a perder. Às vezes é até difícil acreditar nas coisas que acontecem”, comenta Melo. “A nossa equipe nunca deixou de ser competitiva, sempre tivemos um carro tão bom quanto os outros, muitas vezes até melhor. Os problemas que nos tiraram vitórias neste ano foram sempre coisas muito corriqueiras. Parece que este não é mesmo nosso ano. É uma pena, mas acontece”, desabafa.


Westbrook venceu a classe GT2 formando trio com Dirk Werner e Bryce Miller com um Porsche 911 GT3 RSR, mesmo modelo dos alemães Wolf Henzler e Jörg Bergmeister, que ficaram em segundo, e de Patrick Pilet e Johannes van Overbeek, que terminaram em quarto. Dominik Farnbacher e Dirk Mueller, com a Ferrari da Tafel Racing, ficaram em terceiro, com Melo e Salo em quinto. A oitava etapa, no dia 24 de agosto, será em Mosport, no Canadá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *