ALMS: Jaime Melo corre em Long Beach para retomar liderança da American Le Mans

Vencedor das 12 Horas de Sebring, brasileiro da Ferrari perdeu o comando do campeonato com quebra na etapa em St. Petersburg.

Jaime Melo Júnior viveu emoções opostas nas duas primeiras etapas da American Le Mans Series na temporada de 2009. Na primeira corrida, as 12 Horas de Sebring, o brasileiro da Risi Competizione comemorou sua segunda vitória na tradicional prova, que o pôs na liderança da classe GT2. Na etapa seguinte, em St. Petersburg, um problema na suspensão da Ferrari F430 número 62 levou-o a abandonar a prova e a perder o primeiro lugar na pontuação.

Neste sábado (18), Melo Júnior terá a oportunidade de se reaproximar do topo da tabela de pontos na busca pelo segundo título na competição. Ele disputa a terceira prova do calendário no circuito de rua de Long Beach, na Califórnia, em dupla com o alemão Pierre Kaffer. “É claro que a gente esperava chegar aqui com metas diferentes quanto ao campeonato, mas a situação é esta e o que temos de fazer agora é recuperar os pontos perdidos”, diz o brasileiro.

Melo, Kaffer e o finlandês Mika Salo – que atuou pela equipe na vitória em Sebring – estão em terceiro lugar na classificação da American Le Mans Series. “A nossa chance de conquistar outra vitória em Long Beach é boa, como também era em St. Pete, onde nós conseguimos a pole-position”, lembra o piloto. “O carro foi totalmente revisado, não acho que vamos enfrentar problemas desta vez. Estou muito confiante, sei que desta vez as coisas vão dar certo”, aposta.

A programação da American Le Mans Series em Long Beach terá início na quinta-feira (16), com duas sessões de testes distintas – a primeira a partir das 19h, com 45 minutos de duração, e a segunda com início às 21h, para uma hora de atividades. Na sexta-feira haverá apenas um treino livre de 40 minutos, a partir das 13h. Os treinos classificatórios terão início às 20h. A largada, no sábado, será dada às 20h15, para uma hora e 40 minutos de corrida.resultado a 7a colocação no GP de Watkins Glen de 2008. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *