IndyCar: Equipe de Mário Moraes defende a vitória em Long Beach

Vitória da KV em 2008 deixa Moraes confiante para domingo.

No ano passado, a Champ Car encerrou as suas atividades, após a reunificação com a Fórmula Indy, com a realização do GP de Long Beach. A prova foi vencida pela KV Racing Technology, com o australiano Will Power, e que hoje tem o brasileiro Mário Moraes no cockpit do time baseado em Indianápolis. Embora os carros sejam totalmente diferentes, o brasileiro acredita que na segunda etapa da temporada 2009 da Fórmula Indy, no tradicional circuito da Califórnia, que acontece neste domingo (19), às 16h30 (horário de Brasília), a experiência de sua equipe nessa pista possa lhe render um carro competitivo.

“Essa será a primeira vez que os carros da Fórmula Indy disputam uma corrida em Long Beach, por isso acredito que será uma corrida muito disputada e equilibrada. A classificação será determinante porque em um circuito de rua como esse é muito difícil de ultrapassar. Minha equipe venceu no ano passado, então, estou bem confiante que teremos um grande carro aqui na Califórnia. Meu objetivo é ser constante, fazer uma boa prova e somar pontos importantes para o campeonato”, explicou o piloto de 20 anos, que faz a sua segunda temporada na categoria.

Na primeira corrida do ano, em St.Petersburg, Moraes largou em 20o e ocupava a 13a colocação com uma boa estratégia de combustível, quando se envolveu em um toque com o japonês Hideki Mutoh quebrando o braço da suspensão e o impedindo de continuar. O GP de Long Beach será a 18a corrida do brasileiro na Fórmula Indy, tendo como melhor resultado a 7a colocação no GP de Watkins Glen de 2008. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *