Arena Cross: Leandro Silva vence em Monte Alto (SP) e mantém liderança

Perto de 10 toneladas de alimentos foram arrecadadas e serão distribuídas as entidades assistenciais do município.

Monte Alto/SP (360 km da capital) – Um público de mais de 8 mil pessoas acompanhou a vitória do paranaense Leandro Silva (MX1) na terceira etapa da temporada 2007 do Arena Cross disputada no circuito montado próximo ao Trevo Lanfredi. Mantendo a tradição, a prova que fez parte das comemorações de 126 anos de Monte Alto, bateu recorde de público no ano e promoveu “pegas” emocionantes na pista. Perto de 10 toneladas de alimentos foram arrecadadas e serão distribuídas as entidades assistenciais do município.

Com a vitória, Leandro mantém a liderança do campeonato com 87 pontos, contra 72 do paulista Roosevelt Assunção, que também foi o segundo colocado na etapa. Jean Carlo Ramos foi o terceiro. Na categoria MX2 quem se deu bem foi Wellington Garcia (GO), que venceu as duas baterias e ganhou o ponto extra. Ele disparou na liderança da competição com 102 pontos, 30 a mais que Swian Zanoni (RJ). O carioca também foi o segundo colocado na etapa, seguido por Thales Villardi.

Gustavo Takahashi (SP) foi o vencedor da categoria 85cc. O piloto paulista aproveitou a queda de Hector Assunção (SP), que vencia com certa facilidade até a metade da prova. Hector fez uma corrida de recuperação e terminou em segundo com Rodrigo Santos (SE) em terceiro.

Na 65cc Eduardo Rudnick (PR) venceu de ponta a ponta, com Kaio Miranda (SP) em segundo e Kaue Fernandes (SP) na terceira colocação. Leonardo Neto (SC) não teve adversários na categoria 50cc chegando 20 segundos à frente do segundo colocado, Kioman Navarro (GO). Em terceiro chegou Mateus Mendonça (SP).

A próxima etapa do Arena Cross, a quarta da temporada, está marcada para a cidade de São Manuel (SP), nos dias 15 e 16 de junho.
Confira os detalhes das baterias:

50cc – O catarinense Leonardo Neto sai na frente na primeira volta, com Djalma Brito em segundo e Kioman Navarro em terceiro. Com 3 minutos de prova Léo tem 5 segundos de vantagem sobre Djalma Brito. Aos 6 minutos a diferença sobe para 12 segundos. Com o líder abrindo cada vez mais, a disputa passa a ser pela segunda posição, entre Brito e Kioman. No finalzinho da corrida Brito deu uma bobeada e perdeu a posição para Kioman. Leonardo Neto vence com tranqüilidade.

65cc – Eduardo Rudnick sai na frente, com Kaio César Miranda em segundo e Endrews Armstrong em terceiro. Com quatro minutos de prova, Armstrong ganha a segunda colocação. Com 6 minutos de corrida, a diferença do primeiro para o segundo colocado é de 6 segundos. A prova segue assim até a penúltima volta, mas no finalzinho Kaio Miranda e Kaue Fernandes ultrapassam Endrews Armstrong, que chega em quarto. Rudnick vence com 23 segundos de vantagem.

85cc – O pole Hector Assunção larga forte e mantém o primeiro lugar, com Rodrigo Lama em segundo e Eder de Lima em terceiro. Na segunda volta Gustavo Takahashi ganha duas posições, ultrapassa Eder Lima e Rodrigo Lama e assume o segundo lugar. Hector vencia com facilidade, mas sofreu uma queda na metade da prova. Ele caiu para o quarto lugar e iniciou uma corrida de recuperação. Com 7 minutos de prova já era o segundo colocado e apesar de diminuir bastante a vantagem sobre Takahashi não conseguiu ultrapassá-lo.

MX2 – Primeira bateria: Marcelo Ferreira, o Ratinho, fez uma excepcional largada e assume a liderança, seguido pelo pole Swian Zanoni e pelo líder do campeonato Wellington Garcia. Na quarta volta, Ratinho se embola com um retardatário, cai e perde o primeiro lugar. Zanoni se aproveita da situação e ganha o primeiro lugar. Ratinho é o terceiro. A partir da metade da prova Wellington Garcia “cola” em Swian Zanoni. Aos 8 minutos de prova consegue ultrapassar o rival e apesar da forte pressão consegue cruzar a linha de chegada em primeiro lugar.

Segunda bateria: Ratinho larga de novo na frente, seguido por Swian Zanoni e Wellington Garcia. Na segunda volta acontece uma reviravolta com Swian assumindo a ponta e Garcia a segunda posição. Ratinho cai para o terceiro lugar. A briga pela segunda posição é emocionante. Aos 5 minutos Gustavo Amaral, que era o quarto sofre uma queda nas costelas e Thales Felix da Silva ganha a posição. Aos 8 minutos Swian se desequilibra, cai e vai para o terceiro lugar. Wellington Garcia assume a liderança com Ratinho em segundo.

MX1 – Primeira bateria: O líder do campeonato Leandro Silva mostra que é bom de largada e é o primeiro, seguido por Rodrigo Selhorst e Roosevelt Assunção. O bi-campeão Pipo Castro é o quinto. Leandro Silva começa muito bem e abre boa vantagem sobre o segundo lugar. Aos 3 minutos de prova Roosevelt e Jean Carlo Ramos ultrapassam Selhorst, que cai para o quarto lugar. Aos 7 minutos Pipo Castro começa a incomodar Rodrigo Selhost e consegue ultrapassá-lo duas voltas depois, ganhando a quarta posição. Leandro Silva vence sem ser incomodado.

Segunda bateria: Leandro Silva, de novo, larga na frente e abre boa vantagem de com Rodrigo Selhorst e Jean Ramos. Na terceira volta Jean ganha a posição de Rodrigo, que é ultrapassado também por Roosevelt Assunção. Aos 5 minutos Roosevelt inicia a caça a Jean Ramos. Os dois brigam curva a curva pela posição, mas a situação não se altera até o final.

A etapa do Arena Cross de Monte Alto conta com patrocínio da Honda, Consórcio Nacional Ronda, Aymoré Financiamentos e Old Eight; co-patrocinio da Yamaha, Peels Capacepes e Pirelli. O apoio é da Prefeitura Municipal de Monte Alto e Revista Moto. Realização: Carlinhos Romagnolli Promoções & Eventos.

RESULTADO DA ETAPA

CATEGORIA MX1
1 – Leandro Silva (PR) – 41 pontos
2 – Roosevelt Assunção (SP) – 32
3 – Rodrigo Selhorst (RO) – 26

CATEGORIA MX2
1- Wellington Garcia (GO) – 40 pontos
2 – Swian Zanoni (RJ) – 30
3 – Marcelo Ferreira Lima (SP) – 29

CATEGORIA 85cc
1 – Gustavo Takahashi (SP) – 20
2 – Hector Assunção (SP) – 17
3 – Rodrigo Santos (SE) – 13

CATEGORIA 65cc
1 – Eduardo Rudnick (PR) – 21
2 – Kaio Miranda (SP) – 16
3 – Kaue Fernandes – 13

CATEGORIA 50cc
1 – Leonardo Neto (SC) – 20
2 – Kioman Navarro (GO) – 16
3 – Mateus Mendonça (SP) – 13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *