Audi DTCC: Velopark estreia formato definitivo do Audi DTCC

CBA homologa item do regulamento em que determina a inversão dos seis primeiros colocados da primeira bateria no grid da segunda

A competitividade demostrada na primeira rodada dupla da história do Audi DTCC (Driver Touring Car Cup), em Curitiba, deverá aumentar ainda mais nas provas que serão disputadas neste final de semana no Velopark, em Nova Santa Rita (RS). Isso porque além da entrada de novos pilotos, foi homologado pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) o item que determina a inversão dos seis primeiros colocados da primeira bateria no grid para a segunda corrida, determinando o formato definitivo da categoria de melhor custo-benefício do automobilismo brasileiro.

“Era uma ideia que colocaríamos em prática já na primeira rodada dupla, em Curitiba, mas este item ainda não era definitivo – o que, para uma primeira etapa, também foi acordado entre os pilotos – e o adendo não estava homologado. Mas agora será colocado em prática para termos ainda mais disputas na pista”, afirmou Dennis Rolim, piloto e um dos organizadores do Audi DTCC.

Em Curitiba as posições de chegada na bateria 1 formaram o grid da segunda. A partir do Velopark, os seis primeiros colocados inverterão posições para a largada da corrida complementar: o vencedor largará em sexto, o segundo em quinto, o terceiro em quarto, e assim por diante, até o sexto colocado largando da pole position.

O formato foi adotado pela primeira vez – e é usado até hoje, com grande sucesso – na GP2, categoria de acesso à Fórmula 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *