Capacete de Ouro: Barrichello, Piquet e Chico Serra lutam por recorde

Nesta segunda-feira, novas figuras do automobilismo também tentam se inserir no seleto grupo de vencedores do capacete de Ouro.


Se por um lado Rubens Barrichello não conquistou o título desejado este ano na Fórmula 1, por outro ele pode se sair muito bem com um novo recorde neste final de temporada. Dentre os maiores vencedores do Capacete de Ouro, apenas Rubinho tem chances de somar sete triunfos na 10ª edição do tradicional prêmio do automobilismo brasileiro, que terá sua cerimônia realizada nesta segunda-feira (20/11), a partir das 19h30, no Teatro Alfa, em São Paulo (SP). Criado em 1997 pela revista Racing, O Capacete de Ouro tornou-se a premiação mais reconhecida do esporte a motor no Brasil, e comemora sua primeira década em 2006, firmando assim uma grande tradição no meio esportivo nacional.

Com cinco vitórias até o momento, Barrichello concorre em duas categorias, “Fórmula 1” e “Piloto da Década”, podendo somar sete prêmios. Porém, se ele falhar em suas tentativas dos troféus que concorre e se mantiver com cinco títulos, outros dois grandes pilotos podem superá-lo e alcançar o recorde isolado.

Empatado atualmente com o piloto da Honda na Fórmula 1, Chico Serra teve uma temporada difícil na Stock Car V8 e concorrerá apenas ao título de “Piloto da Década”, podendo somar seis triunfos. Outro vencedor nato que corre por fora pelo recorde é Nelsinho Piquet, que tem até o momento quatro capacetes, e ainda disputará mais dois Capacete de Ouro, já que concorre nas categorias “Internacional” e “Piloto da Década”.

Outros que podem empatar com o seleto grupo de cinco conquistas são Sergio Jimenez e Ingo Hoffmann, ambos concorrendo ao “Piloto da Década”, e Tony Kanaan, que tem três capacetes, mas disputa tanto o “Piloto da Década” quanto a categoria “Top”.

Vencedores inéditos também aparecerão, e pelo menos em duas categorias já é certeza. A “Fórmula” conta com Felipe Lapenna, Luiz Razia e Diego Nunes, três jovens finalistas que nunca venceram anteriormente e disputam este prêmio, que compreende a Fórmula Renault e a Fórmula 3 Sul-americana. Já a “Turismo”, que reúne pilotos da Stock Car Light, Stock Jr, Super Clio, Copa Clio e Brasileiro de Marcas, tem Thiago Riberi, Felipe Polehtto e Guilherme de Conto como candidatos, todos com a possibilidade da primeira aparição neste hall de contemplados.

Confira a galeria dos pilotos que conquistaram o Capacete de Ouro em todos os nove anos de existência da premiação. Todos eles foram eleitos os melhores em suas categorias ou homenageados em ocasiões especiais:

5 Capacetes de Ouro

Chico Serra (Turismo 1999/2000, Nacional 2001/2002, Homenagem F1 2005)
Rubens Barrichello (Top 1999, Piloto da Década 1994-2003, Fórmula 1 2004/2005, Homenagem F1 2005)

4 Capacetes de Ouro

Nelson Ângelo Piquet (Kart Revelação 1999, Fórmula 2002, Internacional 2003/2004)
Ingo Hoffman (Turismo 1997/1998, Destaque 2002, Homenagem F1 2005)
Sérgio Jimenez (Kart 2000/2001/2004/2005)

3 Capacetes de Ouro

Édio Fuchter (Turismo 1999/2000, Nacional 2001)
João Campos (Truck/Picape 2002, Picape 2003/2005)
Ricardo Zonta (Internacional 1997/2002, Destaque 1998)
Tony Kanaan (Top 1998/2004/2005)
Ulysses Bertholdo (Rali 1998/2000/2003)

2 Capacetes de Ouro

Antonio Pizzonia (Internacional 1999/2000)
Alberto Zoffmann (Navegador 2001/2003)
Bia Figueiredo (Feminina 2001/2002)
Emerson Fittipaldi (Homenagem 1997/2002)
Felipe Massa (Internacional 2001, Homenagem F1 2005)
Gil de Ferran (Top 2000/2001)
Giuliano Losacco (Nacional 2004/2005)
Guto Negrão (Endurance 2004/2005)
Luís Tedesco (Rali 2004/2005)
Nelson Piquet (Homenagem 1997/2003)
Nilo de Paula (Navegador 1998/2000)
Raul Boesel (Homenagem 1998, Homenagem F1 2005)
Renato Russo (Kart 2002/2003)
Xandy Negrão (Endurance 2004/2005)
Xandynho Negrão (Endurance 2004/2005)

1 Capacete de Ouro

Alencar Júnior (Turismo 2005)
Alexandre Barros (Destaque Moto GP 2002)
André Nicastro (Kart 1997)
Átila Abreu (Kart Revelação 2000)
Ayrton Senna (Homenagem 1997)
Beto Monteiro (Truck 2004)
Bruno Junqueira (Fórmula 1997)
Cacá Bueno (Destaque 2002)
Carlos Morales (Navegador 2005)
Carlos Ricci (Endurance 2002)
Cristiano Da Matta (Top 2002)
Daniel Serra (Fórmula 2004)
Danilo Dirani (Fórmula 2003)
David Muffato (Nacional 2003)
Diogo Pachenki (Turismo 2004)
Djalma Fogaça (Truck 2003)
Edgar Amaral (Turismo 2002)
Eduardo Banzoli Filho (Cadete 2004)
Edu Piano (Off Road 2005)
Elias Jr. (Regional 2000)
Emerson Cavassin (Navegador 2003)
Emerson Duda (Picape 2004)
Enrique Bernoldi (Internacional 1998)
Ernani Júdice (Regional 1999)
Felipe Apezzato (Revelação 2002)
Felipe Fraga (Revelação 2005)
Flávio de Andrade (Endurance 2001)
Guilherme Spinelli (Off-Road 2004)
Helio Castroneves (Top 2003)
Hoover Orsi (Fórmula 1999)
Jonathan Louis (Cadete 2003)
João Gomes (Navegador 2002)
João Paulo de Oliveira (Internacional 2005)
Jorge Fleck (Truck 2000)
José Carlos Pace (Homenagem 1998)
Juliano Moro (Fórmula 2001)
Karlos Fernandes (Fórmula 1998)
Letícia Zanetti (Endurance 2002)
Luís Carreira Jr. (Turismo 2003)
Luiz Pereira Bueno (Homenagem F1 2005)
Marcello Thomaz (Fórmula 2005)
Marcelo Vivolo (Navegador 2004)
Maurício Gugelmin (Top 1997)
Maurício Neves (Off-Road 2003)
Milton Lamanauskas (Turismo 2002)
Milton Pereira (Navegador 2002)
Oswaldo Drugovich Jr. (Truck 1999)
Otávio Freitas (Revelação 2003)
Paulo Gomes (Destaque 2003)
Paulo Lemos (Rali 1999)
Pedro Araújo (Kart 1999)
Pedro Bianchini (Revelação 2001)
Pedro Paulo Diniz (Homenagem F1 2005)
Pedro Rodrigues (Revelação 2004)
Renato Martins (Truck 2001)
Roberto Pupo Moreno (Homenagem F1 2005)
Rogério Almeida (Navegador 2005)
Ruben Carrapatoso (Kart 1998)
Ruyter Pacheco (Endurance 2001)
Sidinei Broering (Navegador 2004)
Thiago Marques (Turismo 2001)
Vitor Meira (Fórmula 2000)
Wellington Cirino (Truck 2005)
Wilson Fittipaldi Jr. (Homenagem obra no automobilismo 2000)
Wilton Neto (Regional 2001)
Zeca Giaffone (Homenagem 1999)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *