ChampCar Atlantic: Sperafico vive dia de altos e baixos em Elkhart Lake

Seqüência de bandeiras vermelhas em treino livre prejudica trabalho de acerto do carro do piloto brasileiro na última etapa da temporada.

Alex Sperafico viveu altos e baixos no primeiro dia de treinos para a 12ª e última etapa do Campeonato Norte-Americano de Fórmula Atlantic. Décimo mais rápido na sessão livre desta sexta-feira (22) em Elkhart Lake, o brasileiro teve de se contentar com a 19ª posição no grid provisório. O francês Simon Pagenaud e o norte-americano Graham Rahal, únicos candidatos ao título, ficaram com as duas melhores marcas na sessão classificatória.


Sperafico, que pilota o carro número 10 da Brooks Associates Racing, viu na décima posição obtida no treino livre um resultado aquém do potencial. “A pista estava molhada e, enquanto estive na pista, estive em primeiro em segundo. Mas a pista começou a secar e a cada vez que eu voltava para a pista, acontecia um acidente e o treino era interrompido”, descreveu. “Poderia ter ficado entre os cinco primeiros, mas não conseguia fechar uma volta”.


A seqüência de interrupções por bandeira vermelha prejudicou, segundo o piloto, o trabalho de acerto do carro da BAR, em que tem as cores de Mnyx.com e Sperafico Agro Industrial. “Na pista molhada, o carro estava competitivo. Com o piso seco, saía muito de traseira e perdia tração. Perdemos muito tempo tentando resolver o problema e, o que é pior, o problema não foi resolvido. Na classificação, com a pista quase seca, o carro não correspondeu”, lamentou.


O balanço de seu primeiro dia de atividades na pista de Road America, em Elkhart Lake, levou Alex Sperafico à conclusão de que sua chance de um bom resultado no segundo treino classificatório, marcado para este sábado (23), está na eventual volta da chuva. “Com pista molhada, sei que estamos bem. Acho que vou ter que fazer a dança da chuva aqui”, brincou o piloto, que deve fazer na prova de domingo (24) sua última participação na F-Atlantic.


O grid provisório para a última etapa do Campeonato Norte-Americano é o seguinte:
 
1º) Simon Pagenaud (FRA/Team Australia), 2min19s063
2º) Graham Rahal (EUA/Mi-Jack Conquest Racing), 2min19s304
3º) Andreas Wirth (ALE/Forsythe Championship Racing), 2min21s556
4º) Joe D’Agostino (EUA/Newman Wachs Racing), 2min22s561
5º) Michael Patrizi (AUS/Team Australia), 2min22s846
6º) Jonathan Bomarito (EUA/PR1 Motorsports), 2min22s856
7º) Ryan Lewis (EUA/Mi-Jack Conquest Racing), 2min23s121
8º) Raphael Matos (BRA/Sierra Sierra Enterprises), 2min23s290
9º) Colin Fleming (EUA/Gelles Racing), 2min23s341
10º) James Hinchcliffe (CAN/Forsythe Championship Racing), 2min23s611
11º) J.R. Hildebrand (EUA/Newman Wachs Racing), 2min23s647
12º) Danilo Dirani (BRA/Condor Motorsports), 2min24s018
13º) Robbie Pecorari (EUA/Gelles Racing), 2min24s757
14º) Leonardo Maia (EUA/Forsythe Championship Racing), 2min25s073
15º) Tim Bridgman (ING/Jensen MotorSport), 2min25s225
16º) Alan Sciuto (EUA/Polestar Racing Group), 2min25s809
17º) Richard Philippe (FRA/Forsythe Championship Racing), 2min25s922
18º) Antoine Bessette (CAN/Brooks Associates Racing), 2min27s142
19º) Alex Sperafico (BRA/Brooks Associates Racing), 2min27s241
20º) Justin Sofio (EUA/Mathiasen Motorsports), 2min29s151
21º) David Martinez (MEX/US RaceTronics), 2min29s445
22º) Mike Forest (EUA/PR1 Motorsports), 2min29s515
23º) Brian Thienes (EUA/McAtee Motorsports), 2min31s651

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *