ChampCar: Bandeira vermelha tira de Bruno Junqueira chance de brigar pela pole em Monterrey

Muito calor, pista cheia, tráfego e bandeiras vermelhas, atrapalhando vários dos pilotos candidatos à pole provisória para o GP de Monterrey, terceira etapa da F-Mundial, neste domingo (21). O treino oficial desta sexta-feira para a prova mexicana, no circuito do Fundidora Park mostrou que a luta por uma posição na primeira fila não será fácil e deixou claro que as equipes terão muito trabalho em busca dos décimos de segundo que podem fazer a diferença.

Quinto colocado na primeira qualificação, Bruno Junqueira (Banco Rural/Telemont/Grupo A & C) fez parte do grupo que não conseguiu abrir volta rápida nos minutos finais, quando a pista estava emborrachada mas, além do bom acerto de seu Lola/Cosworth, guarda um trunfo para a definição do grid, hoje, a partir das 16h (de Brasília). Ao contrário do inglês Justin Wilson (RuSport), mais rápido no primeiro dia, com 1:14;305, Bruno não usou o jogo de pneus extra-macios da Bridgestone, os chamados “reds”, caracterizados pela lateral vermelha.

Bruno esperou até 20 minutos de treino para entrar na pista, esperando pelo asfalto mais emborrachado, fator decisivo em circuitos provisórios. Na sua primeira tentativa, foi o primeiro a andar abaixo de 1:16s. Nas voltas seguintes, marcou boas parciais, mas acabou atrapalhado pelo tráfego e, ainda assim, registrou 1:15.162, na sua sexta volta. Como os adversários, ele apostava as fichas em uma volta abaixo de 1:14s nos minutos finais, mas uma rodada do inglês Dan Clarke provocou a paralisação da tomada de tempos.

“Se considerada a manhã que tivemos, o resultado dessa classificação foi bom, mas sei que ainda temos mais para dar. Só preciso estar no lugar certo na hora certa e poderemos conquistar a pole amanhã”, comentou Bruno, referindo-se ao forte choque com uma zebra durante o treino livre da manhã, em que também concluiu na quinta posição. A exemplo de Wilson, que já havia sido o mais rápido pela manhã, seu companheiro de equipe A.J.Allmendinger também gastou o jogo de pneus extra-macios, que certamente farão falta no treino deste sábado. Como ocorreu hoje (sexta), a ordem será esperar até o último momento para aproveitar as condições favoráveis da pista. Para tornar as coisas ainda mais difíceis, a expectativa é de temperatura ainda mais alta durante a definição do grid. “Aqui se dá melhor quem consegue prever mais acuradamente a condição que a pista apresentará para a sessão seguinte”.

GP de Monterrey
F-Mundial – terceira etapa

Treino oficial – Resultados
Piloto País Equipe Tempo
1 – Justin Wilson ING RuSport 1min14seg305
2 – Sebastien Bourdais FRA Newman-Haas 1min14seg658
3 – A.J. Allmendinger EUA RuSport 1min14seg860
4 – Paul Tracy CAN Forsythe 1min15seg144
5 – Bruno Junqueira BRA Newman-Haas 1min15seg162
6 – Andrew Ranger CAN Conquest 1min15seg438
7 – Alex Tagliani CAN Team Australia 1min15seg571
8 – Oriol Servia ESP PKV 1min15seg731
9 – Charles Zwolsman HOL Conquest 1min15seg842
10 – Cristiano da Matta BRA Dale Coyne Racing 1min16seg359
11 – Mario Domínguez CAN Forsythe 1min16seg424
12 – Nelson Philippe FRA CTE-HVM 1min16seg871
13 – Nicky Pastorelli HOL Rocketsports 1min16seg871
14 – Will Power AUS Team Australia 1min17seg180
15 – Dan Clarke ING CTE-HVM 1min17seg672
16 – Jan Heylen BEL Dale Coyne Racing 1min18seg003
17 – Katherine Legge ING PKV 1min18seg159

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *