ChampCar: Depois de dois acidentes, Paul Tracy vence em Cleveland

O canadense Paul Tracy, da Forsythe, venceu neste domingo (24/06), o GP de Cleveland, no Burke Lakefront Airport, 5º etapa da temporada. O campeão de 2003, depois de dois acidentes durante a prova, apostou em uma estratégia diferente de paradas, vencendo pela primeira vez no ano. O holandês Robert Doornbos, da Minardi USA Team, foi o 2º, com o suíço Neel Jani, da PKV, completando o pódio.

Na largada, lembrando que agora os carros partem parados, o francês Sébastien Bourdais, da Newman-Haas-Lanigan, que saiu na pole-position, manteve a ponta, seguido pelo australiano Will Power, do Team Australia, que superou o seu companheiro de equipe, o francês Simon Pagenaud.


Na 4º volta, Tracy se envolveu no seu primeiro acidente, quando ele e o norte-americano Grahan Rahal, da Newman-Haas-Lanigan, que foi bloqueado por Doornbos, entraram juntos na curva 4. Rahal seguiu na prova, com Tracy indo para os boxes, colocar uma nova asa dianteira, perdida no toque. Doornbos recebeu um drive-through como punição.


A prova recomeçou na 6º volta, e na seguinte Tracy perdeu novamente a asa dianteira, em um toque com o brasileiro Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, que abandonou a prova. Tracy retornou aos boxes mais uma vez, mudando todo o seu planejamento de paradas para pit stops.


Bourdais manteve a ponta na relargada, na 10º volta. Duas voltas depois Doornbos foi aos boxes, pagar sua punição.  Na 29º volta os lideres começaram a parar nos boxes, para o primeiro pit stop. Com as paradas Power foi para a ponta, seguido por Bourdais e Pagenaud.


O francês Tristan Gommendy, da PKV e o belga Jan Heylen, da Conquest, bateram na 36º volta, acionando mais uma bandeira amarela. Cinco voltas depois a prova recomeçou.


Com o fim da segunda sessão de paradas nos boxes, a ordem era: Power, Bourdais, Pagenaud. Doornbos e Tracy. O inglês Dan Clark rodou na 68º volta, ficando parado na pista, acionando mais uma amarela. Bourdais, num raro erro, também saiu da pista. Ambos foram para os boxes, com o francês abandonando.


Numa seqüência diferente de paradas, Tracy assumiu a liderança da prova, seguido por Rahal e Doornbos. Na 72º volta a bandeira verde foi acionada. Power, com um pneu furado, parou nos boxes na 76º volta.


Rahal pressionava Tracy, mas a quatro voltas da bandeirada final teve que fazer uma parada extra, para reabastecimento, caindo para 9º.


Tracy venceu com apenas 0s513 de vantagem para Doornbos. Jani, em 3º, conquistou o seu primeiro pódio na categoria.


Bourdaiss lidera o campeonato com 117 pontos, apenas três a mais do que Doornbos. Power, em 3º, tem 105. Junqueira, com 66, é o 11º colocado.


A próxima etapa acontece no dia 1º de julho, em Mont-Tremblant, no Canadá.


Final:

1 – Paul Tracy CAN Forsythe 89 voltas em 1h45min10seg860
2 – Robert Doornbos HOL Minardi Team USA a 0seg513
3 – Neel Jani SUI PKV Racing a 5seg404
4 – Justin Wilson ING RSports a 5seg948
5 – Simon Pagenaud FRA Team Australia a 6seg311
6 – Alex Tagliani CAN RSports a 17seg749
7 – Oriol Servia ESP Forsythe a 23seg354
8 – Graham Rahal EUA Newman/Haas/Lanigan a 24seg689
9 – Ryan Dalziel ING Pacific Coast a 27seg817
10 – Will Power AUS Team Australia a 55seg210
11 – Dan Clarke ING Minardi Team USA a 1 volta
12 – Sebastien Bourdais FRA Newman/Haas/Lanigan a 22 voltas
13 – Tristan Gommendy FRA RSports a 55 voltas (abandono)
14 – Jan Heylen BEL Conquest a 55 voltas (abandono)
15 – Katherine Legge ING Dale Coyne a 57 voltas (abandono)
16 – Bruno Junqueira BRA Dale Coyne a 83 voltas (abandono)
17 – Alex Figge EUA Pacific Coast a 86 voltas (abandono)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *