F1: McLaren pagou a Stepney, dizem promotores

A cada dia a investigação criminal contra o ex-engenheiro de Ferrari, Nigel Stepney, apresenta novos fatos. E o desta terça-feira (17/07), coloca fogo de vez na lona do circo da F-1.

 


Segundo os promotores italianos, Stepney foi pago pela equipe inglesa para entregar o calhamaço, de mais de 700 páginas, contendo informações secretas sobre a Ferrari. O jornal inglês “Daily Mail” publicou que a policia italiana quebrou o sigilo bancário do ex-chefe dos mecânicos da Ferrari. A intenção é verificar o movimento financeiro de Stepney.


O funcionário da McLaren, Mike Coughlan, descoberto pela policia inglesa com o dossiê ferrarista em sua casa, afirmou em depoimento que o pacote chegou pelo correio.


Segundo o jornal italiano “La Gazzeta dello Sport”, os documentos apreendidos continham dados sobre as provas deste ano, informações sobre o comportamento dos pneus e motores da Ferrari F2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *