ChampCar: Pizzonia retorna em etapa que pode decidir o título de 2006

Dono da equipe, Paul Gentilozzi espera ver brasileiro entre os cinco primeiros na Austrália.



Será realizada neste domingo (22/10) a penúltima etapa da Fórmula Mundial (ChampCar World Series), no circuito de Surfers Paradise, na Austrália. O brasileiro Antonio Pizzonia retorna à categoria, novamente a convite da Rocketsports, para buscar um bom resultado. “Estou bastante motivado para esta prova, pois sei de todo o meu potencial. Se conseguirmos um bom acerto para a pista, irei buscar um grande resultado”, afirma o amazonense.


 


Em uma corrida que pode definir o tricampeonato do francês Sebastién Bourdais (Newman-Haas), a Rocketsports chama a atenção por seu novo patrocinador, a Lexington Energy Services, que estampará suas cores (preto e vermelho) no carro número 18 de Pizzonia, reconhecendo a visibilidade de um ex-piloto de Fórmula 1 para sua marca. “Estão programadas várias ações promocionais e de relacionamento aqui na Austrália. Estou acostumado com este trabalho, que era uma de minhas tarefas na Fórmula 1, e que sempre realizei satisfatoriamente”, aponta o manauara, que já pilotou pelas equipes Jaguar e Williams na categoria máxima do automobilismo.


 


O proprietário da equipe Rocketsports, Paul Gentilozzi, comentou a respeito do retorno de Pizzonia: “Ele mostrou um grande potencial todas as vezes que pilotou um de nossos Champ Cars, portanto é um prazer estar com ele nesta oportunidade”. Gentilozzi vai além quando o assunto é resultado: “Eu espero que ele possa ter um final de semana proveitoso, e quando tudo der certo, eu o imagino terminando entre os cinco primeiros com facilidade, pois seu nível e talento estão definitivamente entre os melhores”, aposta o empresário.


 


O circuito de rua de Surfers Paradise, com 4.5 km de extensão, é uma novidade para Antonio, que correrá pela primeira vez por lá. Porém, o brasileiro participou este ano de duas etapas urbanas da F-Mundial – Long Beach nos Estados Unidos, e Montreal no Canadá – e conta com esta experiência para ter um bom desempenho. Outra novidade será seu engenheiro, desta vez John Gentilozzi, enquanto Brian Ma ficará responsável pelos ajustes do outro piloto da equipe, o mexicano Mario Dominguez, que já venceu na Austrália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *