Coluna: A menina cresceu…, por Vitor Garcia

Na minha última coluna relatei o fato das mulheres estarem ganhando cada vez mais espaço no automobilismo nacional e internacional.

Relatei a brasileira Ana Beatriz Figueiredo que está disputando a Indy Lights, último degrau para a IndyCar, umas das mais importantes categorias internacionais ao lado da Fórmula 1.

Pois bem, até então a nossa Bia já vinha realizando uma excelente temporada para um piloto estreante na categoria, mas o que era bom melhorou: a brasileira tornou-se a primeira mulher a vencer na categoria, cruzando na primeira colocação o GP de Nashville, nos Estados Unidos.

Depois de 13 etapas, a brasileira ocupa a 5ª colocação no campeonato apenas 62 pontos atrás do líder do campeonato. Restam ainda três etapas para o término do campeonato, e o que é bom pode ficar ainda melhor, pois Bia ainda poderá conquistar o título, o que seria o primeiro de uma mulher na categoria.

Mesmo que o título não venha, o que importa ressaltar é a ótima participação da piloto, que além de tudo estréia em categorias internacionais. O planejamento de Bia é manter-se na Indy Lights até o final do próximo ano, completando assim duas temporadas completas, e ano que vem sim tentar lugar pelo título.

Mas do jeito que a garota vem andando, muita coisa pode mudar e quem sabe em 2009 não veremos mais uma piloto, e brasileira alinhando ao lado da famosa americana Danica Patrick, além de Sarah Fischer e Mika Duno, mulheres que já alinham seus bólidos na categoria principal e dividem posições com Tony Kanaan, Hélio Castroneves, Vitor Meira, Bruno Junqueira entre outras feras do automobilismo mundial.

Um grande abraço e até o próximo mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *