Copa Chevrolet Montana: Rafael Daniel vence no DF e acirra disputa pelo título

Com o resultado, o piloto da equipe Gramacho Racing assumiu a vice-liderança da competição. Decisão será no dia 6 de novembro, no Velopark/RS

A experiência de Rafael Daniel falou mais alto no Autódromo Internacional Nelson Piquet.  O piloto da Gramacho Racing saiu na sexta posição e com uma boa largada assumiu a segunda colocação. No final, contou com a punição de Galid Osman, que cruzou a linha de chegada em primeiro, mas foi advertido pela direção de prova em 20 segundos, caindo para a oitava posição.  Leandro Romera e Betinho Gresse completaram o pódio da oitava etapa da Copa Chevrolet Montana.

O vencedor da prova não teve um bom final de semana durante os treinos, mas conseguiu encontrar um bom acerto para a corrida. “Pra mim o final de semana foi bem difícil, não estávamos competitivos. Larguei por fora, consegui frear do lado do Galid. Passei a imprimir um ritmo forte, troquei posições com o Galid. Em duas delas ele jogou pesado, me espremeu no muro e até chegamos a bater. Por sorte a briga atrás estava intensa, pois meu carro piorou em um segundo. Estou muito contente com o final de semana que a gente teve, estou muito contente pela vitória”, conclui o vice-líder do campeonato com 117,5 pontos.

O líder do campeonato Leandro Romera não tem do que reclamar. Depois de um final de semana com problemas no motor, a segunda colocação o coloca como favorito ao título da temporada. “Começamos o final de semana muito mal e para facilitar a minha vida, escolhi os segundo grupo que não teve treino na sexta. Não podíamos trocar o motor a tempo da classificação, consegui largar em décimo, trocamos o motor e o carro reagiu bem. A corrida foi ótima, consegui sair em décimo e terminar em segundo. Agora quem ganhar no Velopark leva o campeonato”.

Já Betinho Gresse, da JStar Racing, conquistou em Brasília seu melhor resultado na temporada, apesar de também ter problemas no motor durante o final de semana. “Também tive um final de semana difícil, estava perdendo muito de reta. Avaliamos que um problema no motor, mas achamos melhor não fazer mudanças drásticas. O problema no motor continuava, e trocamos o motor só para corrida. Tive corridas ruins, fizemos uma prova bem competitiva, fiz uma largada agressiva e foi uma disputa bem difícil com o Justino. Pela posição no campeonato, acabei cedendo a posição para o Romera, que está na briga pelo título”.

Diogo Pachenki iria largar na segunda posição, mas teve problemas no câmbio e acabou abandonando a disputa antes da largada. O piloto da equipe Nascar caiu para terceira posição, mas ainda mantém chances de ficar com o título no Velopark, em Nova Santa Rita/RS. Já Galid Osman está fora da briga com a punição em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *