Copa Joy Chevrolet: Cirino e Amaral vencem na rodada de abertura

Alan Massaini e Paulo Cocco triunfaram na Light.

No último sábado, 8, foi realizada a primeira etapa da temporada de 2021 da Copa Joy Chevrolet (Chevrolet, Goodyear, YPF Lubrificantes, Hiper Freios, Pro Tune, Impacto Amortecedores, BR7 Marketing, Portal High Speed Brazil), em Interlagos. Com a dupla Cirino e Amaral na pole position, a categoria iniciou a temporada deste ano de forma empolgante.

Na largada da primeira corrida, Cirino a bordo do Joy #27, conseguiu manter a ponta na largada segurando os ímpetos de Jefferson Gomes e Daniel Nino, além de todo o pelotão que vinha logo atrás. Muitas disputas, algumas trocas de posições, além de toques que aconteceram, mas, o que se via era uma categoria extremamente equilibrada e disputada.

Na metade do pelotão, Alan Massaini, Luc Monteiro, Paulo Cocco e Lucas De Angelis vinham travando uma bela batalha pelas primeiras colocações na categoria Light enquanto, Patrick Callmann e Alexandre Pepe buscavam se aproximar dos líderes da disputa geral.

Após a intervenção do Safety Car, os pilotos foram ainda com mais sede ao pote, Cirino começou a buscar novamente vantagem sobre Jefferson Gomes, enquanto Alexandre Pepe, que já figurava no terceiro lugar e buscava se aproximar dos ponteiros. Um pouco mais atrás no pelotão, Luc Monteiro liderava a categoria Light, mas era pressionado pelos adversários.

Os giros foram se passando e a duas voltas do final, Luc Monteiro acabou pegando a zebra, o que fez com que seu carro saísse do traçado e se chocasse contra a barreira de pneus. O piloto do carro #66, foi obrigado a abandonar a disputa, na qual vinha muito bem.

No final Luiz Cirino venceu, liderando de ponta a ponta, Jefferson Gomes em segundo, Alexandre Peppe em terceiro seguido por Daniel Nino e por Patrick Callmann. Douglas Carvalho, que terminou na sétima colocação foi o piloto que mais ganhou posições na corrida, oito no total. Na Light, Alan Massaini que havia marcado a pole position na sua categoria, ficou com o ponto mais alto do pódio. Lucas De Angelis que foi constante durante toda a disputa e figurou sempre entre os ponteiros da Light terminou em segundo, Paulo Cocco em terceiro, Allan Saleh em quarto e a dupla Ricardo e Rodrigo Marliere fecharam o top-5.

“Foi fantástica nossa estreia na categoria. Fomos muito bem, mas muito mérito do meu parceiro, Edgard Amaral, que me fez o convite a um mês para andar junto com ele aqui. Chegamos e encontramos um carro muito bem acertado pelo Amaral e coube a nós nos adaptarmos ao carro. Um equipamento diferente, mas em uma categoria muito equalizada. A equipe Alpie está de parabéns pelo grande trabalho”, afirmou Luiz Cirino.

“Foi emoção do começo ao fim. Estar aqui já é uma grande realização pessoal. Eu estava muito concentrado em fazer uma corrida limpa, ganhar quilometragem e aprender bastante. Perdi algumas posições na largada, pois, fui muito conservador, mas consegui me recuperar e conquistar a primeira posição na minha categoria. Sem palavras para agradecer”, disse Alan Massaini.

 

Confira a classificação final da primeira corrida:

1° #27 Luiz Cirino/Edgard Amaral – 27:52.965
2° #15 Jefferson Gomes/Eber Gomes +2.385
3° #44 Alexandre Peppe +2.704
4° #48 Daniel Nino/Diego Augusto +4.968
5° #8 Patrick Callmann +5.221
6° #46 Alan Massaini (L) +10.696
7° #50 Douglas Carvalho Jr/Pedro Pimenta +15.359
8° #13 Anselmo De Angelis/Lucas De Angelis (L)+16.658
9° #11 Paulo Cocco (L) +19.317
10° #14 Ricardo Gargiulo +19.445
11° #9 Neni Alves/Rafael Bastos +19.852
12° #3 Allan Saleh (L) +32.975
13° #93 Ricardo Marliere/Rodrigo Marliere (L) +37.311
14° #12 Daniel Dias Veiga (L) +51.086
15° #974 Carlos Zarlenga (L) +54.938
16° #28 Mallaco +84.860
17° #86 Gerson Lovato (L) +1 volta
18° #17 Erolf Schotten/Ricardo Pinto +1 volta
19° #66 Luc Monteiro (L) +2 voltas.
*(L) – categoria Light.

 

 

Segunda corrida

Para a segunda corrida da primeira etapa da Copa Joy Chevrolet de 2021, foi realizada a inversão dos 10 primeiros colocados da corrida 1, ou seja, o carro #27 que venceu a disputa com Cirino, partiu do décimo lugar, mas dessa vez sob o comando de Edgar Amaral. A pole position ficou com Ricardo Gargiulo #14, que terminou a primeira corrida no 10° lugar.

Após a largada, o que se viu foram muito mais disputas, toques e algumas ultrapassagens. Pedro Pimenta que havia assumido o carro de Douglas Carvalho, não demorou para assumir a ponta, trazendo consigo Patrick Callmann, Eber Gomes que assumiu o carro #15 de seu irmão, Jefferson Gomes, Diego Augusto, Alexandre Peppe e Edgard Amaral.

A disputa estava intensa, mas um toque entre Callmann e Pimenta fez com que os dois perdessem posições. Patrick Callmann acabou sendo punido com o acréscimo de 20 segundos no seu tempo final de prova em virtude do incidente. Amaral que já figurava entre os ponteiros assumiu a ponta, Eber Gomes veio junto e se consolidou no segundo lugar. Diego Augusto acabou tendo problemas com seu Joy #48 e foi obrigado a deixar a disputa onde lutava pelas primeiras colocações. Pouco atrás, Paulo Cocco e Alan Massaini vinham em uma bela batalha pela primeira colocação da Light.

No final, Amaral venceu, segundo triunfo da dupla no final de semana, de quebra foi o piloto que ganhou mais posições na segunda corrida. Eber Gomes ficou em segundo, Pedro Pimenta em terceiro, Alexandre Peppe em quarto e a dupla Neni Alves/Rafael Bastos ficaram com o quinto lugar.

Na disputa da Light, Paulo Cocco que terminou em quinto lugar na geral, ficou com o triunfo, Alan Massaini em segundo, Ricardo e Rodrigo Marliere em terceiro, Gerson Lovato em quarto e Daniel Dias Veiga em quinto lugar.

“Essa categoria é espetacular! Adorei correr aqui. O Douglas Carvalho me convidou e na hora aceitei. A categoria é muito equalizada e desenvolvida pela equipe Alpie e estão todos fazendo um trabalho excelente e parabenizei a organização da Copa Joy Chevrolet, frisando que a competência de todos melhoram o automobilismo”, disse Pimenta.

“Estávamos precisando de uma corrida como esta. Eu e o (Luiz) Cirino já tivemos uma parceira no Marcas e Pilotos. Ele é rápido e delicado com o equipamento, não quebra carro, o parceiro ideal. Ele venceu a disputa dele e com a inversão do grid largamos em 10° lugar. Como os carros são parecidos, tivemos que ser mais agressivos e as coisas foram dando tudo certo, especialmente após o Safety Car, que é onde tudo acontece. Foi muito boa a corrida com os carros cada vez mais equalizados e a categoria cada vez mais disputada”, disse Edgard Amaral.

“É muito emocionante! Eu que já andei de kart a trinta anos atrás voltei para o automobilismo, agora na Copa Joy Chevrolet, então não tenho palavras para descrever a minha alegria com essa vitória na Light”, afirmou Paulo Cocco.

 

Classificação final segunda corrida:

1° #27 Edgard Amaral/Luiz Cirino – 28:10.500
2° #15 Eber Gomes/Jefferson Gomes +0.836
3° #50 Douglas Carvalho Jr/Pedro Pimenta +2.937
4° #44 Alexandre Peppe +3.127
5° #11 Paulo Cocco (L) +11.778
6° #46 Alan Massaini (L) +11.968
7° #9 Neni Alves/Rafael Bastos +12.380
8° #14 Ricardo Gargiulo +13.590
9° #93 Ricardo Marliere/Rodrigo Marliere (L) +14.314
10° #86 Gerson Lovato (L) +14.407
11° #12 Daniel Dias Veiga (L) +16.008
12° #17 Erolf Schotten/Ricardo Pinto +27.020
13° #8 Patrick Callmann +30.364
14° #3 Allan Saleh (L) +38.723
15° #28 Mallaco +46.674
16° #13 Anselmo De Angelis/Lucas De Angelis (L) +52.383
17° #48 Daniel Nino/Diego Augusto +5 voltas

 

A Copa Joy Chevrolet conta com o apoio de Chevrolet, Goodyear, YPF Lubrificantes, Hiper Freios, Pro Tune, Impacto Amortecedores, BR7 Marketing, Portal High Speed Brazil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *