Copa Montana: Equipe de feras busca vaga na Stock Car V8

Scuderia 111 é reforçada por estrelas de 2009: Sérgio Jimenez e Rafael Daniel, revelação e campeão da divisão de acesso à Stock Car.

Um time com linhagem vencedora e personalidade campeã. Assim é o perfil da nova formação da Scuderia 111, equipe montada e dirigida pelo engenheiro Carlos Chiarelli para disputar, a partir do próximo final de semana, a recém-criada Copa Chevrolet Montana. Substituta da extinta Copa Vicar, ela é a nova divisão de acesso à principal categoria do automobilismo brasileiro, a Copa Caixa Stock Car.

O caráter vencedor da nova Scuderia 111 justifica-se. Para conduzir os carros da equipe, Chiarelli escalou dois dos melhores pilotos da temporada de 2009 da Copa Vicar: o campeão Rafael Daniel e o piloto-revelação da categoria, Sérgio Jimenez – que ingressou no torneio apenas em meados daquele ano para ser reconhecido como o melhor estreante do campeonato.

Para Sérgio Jimenez, a confirmação de sua permanência na Scuderia 111, equipe pela qual disputou a Copa Vicar no ano passado e estreou, no Rio de Janeiro, conquistando um hat trick – ou seja, pole position, melhor volta da prova e vitória – é mais um passo fundamental em sua vitoriosa trajetória no automobilismo. Depois de ter conquistado seis títulos brasileiros de kart, de ter sido o campeão da primeira temporada nacional da Fórmula Renault, em 2002, das passagens destacadas por categorias internacionais como F3, GP2 e A1GP, ele foi eleito o Piloto Revelação da Copa Vicar em 2009.

“Quero me tornar um piloto profissional da Stock Car. Por isso, meu objetivo é conseguir o maior número de pontos para subir com a Scuderia 111 para a V8 (categoria principal) no ano que vem”, revelou o piloto de 25 anos, nascido em Piedade (SP). “A Scuderia 111 montou uma excelente estrutura, dos mecânicos e engenheiros aos pilotos. O time vem em uma fase muito boa, como mostram os nossos resultados. Mas nosso maior problema é o patrocínio. Já temos uma boa parte da verba assegurada, mas ainda faltam duas cotas para serem comercializadas”, ressalvou o piloto, que desde já é apontado como um nomes que devem brigar pelo título em 2010.

O paulistano Rafael Daniel, de 28 anos, é um piloto tem se destacado no automobilismo brasileiro nos últimos anos. Campeão da Copa Vicar no ano passado e vice da Stock Car V8 em 2008, Daniel estreou com vitória pela Scuderia 111 na última etapa da GT3 no ano passado, repetindo o resultado na primeira etapa deste ano. “Comecei meu trabalho com a 111 no ano passado, como coatch dos pilotos da equipe do Trofeo Maserati. O Chiarelli é um chefe de equipe muito competente e os mecânicos trabalham muito bem. Tanto que estreei como piloto na última etapa da GT3 e vencemos.”, relatou Daniel. Agora piloto oficial da equipe na Copa Montana, Daniel está bastante otimista para a temporada. “Eu e o Jimenez formamos uma dupla muito forte e dificilmente uma equipe consegue reunir dois pilotos desse nível. Como a Copa Montana não permite treinos livres, nossa experiência vai contar muito para acertarmos o carro e conseguirmos bons resultados o quanto antes”, revelou o piloto.

Para Carlos Chiarelli, diretor técnico da Scuderia 111, o ano será de muito trabalho, por causa do elevado nível das outras equipes que disputarão a Copa Montana, algumas “filiais” dos times da categoria principal. Por isso a importância de assegurar a permanência dos dois pilotos, que fizeram temporadas brilhantes e vitoriosas no ano passado. “Queremos fazer um bom trabalho de dois ou três anos. O objetivo é chegar ao final da temporada brigando pelo campeonato e subirmos todos juntos para a Stock V8”, justificou. “O Jimenez é um piloto muito técnico. Passa as informações precisas, diz exatamente o que tem de fazer no carro. Fora isso, é muito agressivo e faz o carro virar o que tem que virar”, elogiou o chefe da Scuderia 111. “Já o Daniel interpreta muito bem a corrida, tem uma tocada mais conservadora”, finalizou.

Os carros da Copa Chevrolet Montana utilizarão os mesmos chassis tubulares e motores V8 usados até o ano passado na categoria, porém agora apresentando a carenagem, feita de fibra de vidro, com formas inspiradas na picape de pequeno porte produzida pela Chevrolet.

Como os testes particuladores são proibidos na categoria, assim como na divisão principal da Stock Car, o primeiro contato dos pilotos com o novo carro acontecerá nos treinos coletivos da quinta-feira (8). A prova de abertura da temporada da Copa Chevrolet Montana, marcada para o próximo domingo (11), em Curitiba.

A Copa Chevrolet Montana terá cobertura da RedeTV!, com flashes no sábado e no domingo, e transmissão ao vivo das provas, das 13h às 14h, nos dias de corrida. O portal RaceTV também transmitirá boletins e as corridas ao vivo pela internet, no www.racetv.com.br.

Confira o calendário da Copa Chevrolet Montana 2010:
1ª etapa – 11 de abril – Curitiba
2ª etapa – 02 de maio – Rio Grande do Sul
3ª etapa – 23 de maio – Rio de Janeiro
4ª etapa – 06 de junho – Ribeirão Preto – Circuito de rua
5ª etapa – 05 de setembro – São Paulo
6ª etapa – 19 de setembro – Campo Grande
7ª etapa – 24 de outubro – Rio Grande do Sul
8ª etapa – 21 de novembro – Brasília
9ª etapa – 5 de dezembro – Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *