Copa Montana: Mesmo com problema no câmbio, Romera sai feliz de Curitiba

Corrida do piloto do ABC Paulista foi fantástica, mas problema com o câmbio faltando duas voltas para o fim o fez perder seis posições.

Depois de não conseguir participar dos treinos coletivos na quinta e passar por dificuldades nos treinos livres da sexta-feira, as 16 voltas do classificatório foram as únicas completadas pelo piloto Leandro Romera (RS Consult / Glan Data / Grupo Candinho / BullFlex) da RS Racing.

Marcando na 9ª posição, Romera ainda ganhou mais uma devido à desclassificação do piloto Marco Cozzi que havia marcado o 2º melhor tempo, mas seu carro estava abaixo do peso mínimo exigido. E foi partindo da quarta fila que o piloto da Montana n° 88 foi para o tudo ou nada, mesmo sabendo que um problema no câmbio foi conhecido no final do sábado.

Logo na largada Romera entrou na briga pelas cinco primeiras posições, mas devido a confusão foi obrigado a tirar o pé: Fábio Fogaça rodou na sua frente e por muito pouco não o acerta em cheio; assim  o piloto perdeu muitas posições caindo para o 11º lugar.

Em duas voltas Leandro fazendo uma excelente corrida briga por posições com Pedro Boesel e Douglas Soares, já subindo para o 9º lugar. O companheiro de equipe de Romera, o mineiro Ítalo Silveira se envolvendo em um toque com Sérgio Jimenez causou a entrada do Safety Car; Leandro assim subiu para a 7ª colocação.

Na relargada, o pole position e líder da prova até então, Eduardo Leite teve problemas com o pneu traseiro esquerdo furado, o que deu mais uma posição para o piloto da RS Racing, o 6º lugar na prova.

Faltando duas voltas para a bandeira quadriculada, o problema com o câmbio voltou a aparecer, o que fez o piloto perder seis posições e terminar a prova em 12º lugar. Mesmo assim Romera está feliz com o resultado conquistado em Curitiba e otimista para a temporada: “Para quem chegou aqui cheio de problemas, a corrida foi ótima. Uma pena restando apenas duas voltas o câmbio apresentar problemas, mas foi excelente a prova”, declarou o piloto após a prova. “Quero agradecer a todos que torceram por mim aqui, minha família, Deus… um agradecimento especial ao Fernando do Corinthians, ao Arthur do Jornal Oficina Brasil e também ao Rui Salles e toda equipe RS Racing que trabalhou duro para me dar esse carro competitivo nesse final de semana. Vamos estar ainda melhores no Velopark no Rio Grande do Sul”, finalizou Romera mostrando muito otimismo para a próxima etapa.

A vitória ficou com o campeão da Pickup Racing de 2009, Julio Campos, seguido pelo convidado de honra da Copa Chevrolet Montana, Nelson Ângelo Piquet. Diogo Pachenki, campeão da Stock Light em 2004 fechou o pódio.

A segunda etapa da Copa Chevrolet Montana acontece no dia 02 de maio em Nova Santa Rita (RS) no Autódromo Velopark.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *