Copa Vicar: Baiano Diego Freitas é pole-position no Rio de Janeiro

Piloto lidera o treino de classificação em sua sexta corrida na categoria de carros turismo.

Sábado de festa no Autódromo Nelson Piquet – em Jacarepaguá (RJ) – para a equipe Katálogo Racing e o piloto Diego Freitas. Baiano de 24 anos de idade, Diego conquistou nesta manhã a sua primeira pole-position na Copa Vicar Stock Car e sai na frente para a corrida que será realizada às 13h deste domingo.


 


Desde os treinos livres de sexta-feira Diego já mostrava confiança em um bom resultado na tomada de tempos. Ele chegou a andar entre os cinco mais rápidos nas sessões de ontem, e hoje confirmou o bom desempenho do seu Mitsubishi Lancer. A pole-position saiu quando restavam apenas seis minutos para o final do treino classificatório – que começou com pista molhada e terminou em piso seco.


 


Para acertar a volta ideal, Diego usou os dois jogos de pneus novos a que tinha direito. Na primeira tentativa, com a pista ainda úmida, não conseguiu um bom tempo. Quando saiu com o segundo jogo de pneus, fechou a primeira volta em sétimo lugar e, arriscando tudo que tinha direito na segunda passagem, marcou os 1m23s835 que o colocam na posição de honra do grid. Em seguida, escapou e tocou o muro, provocando a bandeira vermelha que causou o final prematuro da sessão.


 


“Ontem já tinha sido a minha melhor sexta-feira do ano, quando consegui andar entre os quatro mais rápidos. Foi um treino conturbado pela chuva, mas conseguimos um bom acerto e o resultado é ótimo não só para mim, mas para toda a equipe”, comentou Diego Freitas, que agora guarda mais uma excelente recordação da pista carioca. “Venci aqui em 2003 quando corria de Fórmula Renault e agora faço a minha primeira pole-position na Copa Vicar. Essa pista é realmente especial para mim”, vibrou.


 


Diego agora se concentra para a corrida deste domingo – válida pela sexta etapa do campeonato da Copa Vicar. A vitória, segundo o piloto, seria o complemento ideal para um final de semana perfeito. “Como é meu ano de estréia, tinha como meta marcar alguns pontos ao longo do campeonato, e brigar por pelo menos um pódio. Largando da pole-position a coisa muda um pouco de figura. Acredito ser possível terminar a corrida de amanhã entre os três primeiros e, se tudo correr bem novamente, tenho chances de brigar pela vitória”, avaliou.


 


Ao seu lado no grid de largada, Diego Freitas terá o carro de Cláudio Caparelli, piloto que corre em casa no Rio de Janeiro. Fábio Carreira, líder do campeonato, abre a segunda fila com Lico Kaesemodel na quarta posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *