Copa Vicar: “Batida causou mais prejuízos para o campeonato do que para o bolso”, diz Navarro

Piloto paulista sofreu acidente pouco depois da largada da primeira etapa da Copa Vicar. Toque envolveu, também, Claudio Capparelli e Renato Rattes.

Depois de rever as imagens do acidente ocorrido na largada para a primeira etapa da Copa Vicar Stock Car, disputada no último domingo no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, o paulista Rodrigo Navarro (Grupo Qualicorp) comentou o incidente que o tirou da disputa pelos primeiros pontos na temporada. Poucos metros depois de ser dada a largada para a etapa do último fim de semana, Navarro acabou tocado por um adversário e bateu forte no lado externo do muro da reta dos boxes. O choque envolveu, também, os carros de Claudio Capparelli e Renato Rattes, que assim como ele deixaram a prova.


 


“Larguei um pouco melhor que os dois pilotos que estavam a minha frente, e tivemos uma disputa de corrida. Um acabou espremendo o outro e o resultado disso foi um acidente triplo, que tirou todos nós da prova”, declarou o piloto. “A batida acabou causando mais prejuízos para o campeonato do que para o bolso. Ninguém gosta de começar a temporada sem pontos, mas vamos tirar a poeira do carro e partir para a etapa de Brasília. Lá será muito importante pontuar, para não deixar os líderes abrirem uma vantagem muito grande na classificação do campeonato”, acrescentou.


 


O acidente começou quando Navarrinho ganhou a posição de seu companheiro na Qualicorp-Hot Car, Renato Rattes, e se preparava para ultrapassar, também, Cláudio Caparelli. Nesse momento, o adversário mudou de trajetória e os dois carros se tocaram. Navarro seguiu em direção ao muro, e Caparelli rodou para a parte interna da pista, atingindo, na seqüência, o carro de Rattes. “Lamentei bastante o acidente porque tínhamos mexido bastante no carro para a corrida, e nas poucas voltas que completei com os boxes abertos, antes do alinhamento para a largada, vi que teria potencial para chegar entre os dez primeiros”, acrescentou o piloto da Qualicorp-Hot Car.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *