Copa Vicar: Corrigido o problema do Peugeot 57 do Jason Oliveira

O piloto paulistano Jason Oliveira que tem o patrocínio da INFORSHOP-Colonial Racing, atual campeão da Stock Jr na categoria Master, teve sua estréia prejudicada na primeira etapa da temporada da recém inaugurada Copa Vicar, sucessora da Stock Car Light.

Um grave problema mecânico de difícil solução na pista complicou o acerto do Peugeot 57 preparado pela Carlos Alves Competition Team, não permitindo que o piloto conseguisse se classificar para a corrida realizada no Autódromo Internacional de Interlagos.
 
O responsável técnico da Carlos Alves Competition Team, André Silva, desmontou todo o sistema de transmissão para encontrar o problema, que causava uma intensa vibração no conjunto motriz e não permitia que o carro tivesse um desempenho razoável nas retas.
 
Em face à grande vibração na transmissão a potência plena do motor não chegava às rodas, fazendo com que o carro fosse 10 quilômetros mais lento nas retas do autódromo. Após a reparação do defeito na sede da equipe, numa atitude preventiva, o carro foi levado para o banco de rolo da JL Racing e apresentou um desempenho semelhante aos melhores carros da categoria.
 
Numa categoria tão competitiva e excludente como a Copa Vicar, o carro precisa estar 100% veloz e equilibrado, para que o piloto possa buscar um tempo que permita sua participação na competição. Na Copa Vicar apenas os 34 melhores classificados no sábado podem participar da prova no domingo, o que sem dúvida nenhuma requer um funcionamento perfeito dos carros.
 
Portanto para a próxima etapa da Copa Vicar no dia 04 de maio, que será realizada no veloz circuito externo do Autódromo Internacional Nelson Piquet em Brasília, a equipe acredita que terá um ótimo desempenho, na medida em que nos treinos coletivos realizados no mês de março em Interlagos, o piloto Jason Oliveira esteve sempre entre os primeiros colocados.
 
No próximo domingo a Copa Nextel Stock Car, Copa Vicar e Stock Jr, darão a largada para a segunda etapa do campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *