Copa Vicar: Em vitória de Daniel, Carreira fica a um segundo lugar do título

Líder da pontuação conquista sexto lugar na sétima etapa, em Curitiba, uma posição à frente de Pachenki, que mantém-se na vice-liderança.

A sétima e antepenúltima etapa, disputada neste domingo (21) no Autódromo Internacional de Curitiba, não definiu matematicamente o título da Copa Vicar Stock Car. Mas aproximou bastante o paulista Fábio Carreira de ter o nome na galeria de campeões. Sétimo colocado na prova, ele passa a depender de um segundo lugar nas duas últimas etapas, mesmo que o paranaense Diogo Pachenki, vice-líder, conquiste vitórias nas duas.


“O Fabinho fez uma corrida muito boa, usou a cabeça para aproveitar a vantagem dele no campeonato”, considerou Pachenki. O paulista cruzou a linha de chegada, após 27 voltas, na sexta posição, uma à frente do paranaense. Com isso, a diferença entre os dois foi a 43 pontos, com 50 ainda em jogo nas corridas que vão fechar a temporada nas pistas de Brasília, dia 9 de novembro, e de São Paulo, no dia 7 de dezembro.


A vitória em Curitiba foi do paulista Rafael Daniel, da CM. Sua conquista foi facilitada pelo problema mecânico que tirou da corrida o pole-position Paulo Salustiano, da Full Time, na 15ª volta, quando liderava a disputa com mais de três segundos de vantagem. Os também paulistas Felipe Lapenna, outro piloto da Full Time, e André Nicastro, da Carreira Racing, completaram o pódio em Curitiba, na etapa que teve 39 pilotos inscritos.


Carreira passa a somar a 115 pontos. Considerado o descarte obrigatório dos dois piores resultados de cada piloto, tem 105. Pachenki subiu a 72 e não tem descartes a fazer – ficou duas das sete corridas sem marcar pontos. A projeção de descartes garante o título ao paulista mesmo em caso de abandonos caso seu adversário paranaense não conquiste ao menos uma vitória e um segundo lugar nas duas últimas corridas desta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *