Copa Vicar: Jimenez ganha prêmio de “Revelação do Ano” na Copa Vicar

Piloto surpreendeu ao cravar a pole position, vencer a corrida e fazer a volta mais rápida logo em sua corrida de estréia.

Depois de conquistar seis títulos nacionais no kart e passar com sucesso por várias outras categorias de monopostos – como a Fórmula Renault (onde foi campeão brasileiro em 2002), F3, GP2 e A1GP -, Sergio Jimenez competiu pela primeira vez com carros do tipo turismo em 2009. E mesmo disputando apenas cinco das nove etapas da Copa Vicar (divisão de acesso à classe principal, a Copa Nextel de Stock Car), o piloto foi eleito a revelação do campeonato, por um júri formado por jornalistas especializados. A solenidade de entrega do prêmio aconteceu no último domingo (6), na Casa Fasano, em São Paulo, e marcou o encerramento da temporada.

O prêmio justifica-se. Jimenez fez grandes exibições nessas poucas oportunidades e conseguiu um feito memorável logo em sua estréia ao volante de carros de turismo. Na etapa do Rio de Janeiro, disputada no Autódromo de Jacarepaguá, no dia 20 de setembro, Jimenez foi o mais rápido no treino de classificação do sábado, deixando para trás pilotos com muito mais experiência na categoria. No domingo, o fim de semana antológico do hexacampeão brasileiro de kart prosseguiu com a volta mais rápida da corrida, e culminou ao receber a bandeira quadriculada na primeira posição, completando o chamado hat trick – algo como “barba, cabelo e bigode” no jargão automobilístico inglês – e comprovando, mais uma vez, todo o talento e a facilidade de adaptação do piloto de 25 anos.

Sem deixar de lado a base de sua bem-sucedida trajetória, menos de um mês depois, Jimenez conquistou, ao lado de Nelsinho Piquet e de Carlos Iaconelli, o vice-campeonato da Monaco Kart Cup, torneio disputado em parte do mítico traçado da F1.

Sua participação na Copa Vicar, até então, restringia-se à memorável etapa do Rio. A grande performance, porém, garantiu o patrocínio para o resto da temporada. “Esse prêmio só aconteceu graças ao Guilherme Figueroa, da GFS Software. Sem a chance que ele me deu, nada disso teria acontecido. Estou muito feliz e sou muito grato a ele”, agradeceu Jimenez.

Jimenez também brilhou na etapa de Brasília, a penúltima da Copa Vicar. Depois de largar em 20º lugar – um problema no sistema de freios do carro prejudicou o seu desempenho em Campo Grande, Curitiba e nos treinos da etapa brasiliense – o piloto fez uma excelente recuperação e ganhou 15 posições na corrida, disputada pelo anel externo do Autódromo Nelson Piquet.

O piloto terminou a temporada na décima colocação, com 43 pontos. Todos os nove primeiros colocados participaram de todas as etapas da Copa Vicar 2009. Para Jimenez, esse desempenho se deve também à receptividade da Scuderia 111. “O Carlos Chiarelli, chefe da equipe, me recebeu com muito respeito desde o primeiro dia. E o trabalho de todo o grupo também foi muito importante para conseguirmos esses bons resultados”, afirmou.

Para Jimenez, esse prêmio deverá abrir portas para a próxima temporada. “Quero permanecer na Stock Car em 2010. Claro que o objetivo é subir para a categoria principal (Copa Nextel), mas, se não der, vou continuar acelerando forte na categoria de acesso, mas dessa vez para disputar o título “, finalizou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *