Copa Vicar: Rafael Daniel fica com o título da temporada 2008

A prova foi marcada pela grande disputa pelas posições.

A vitória na nona e última etapa da Copa Vicar foi do paulista Gustavo Sondermann, da Gramacho Costa (Peugeot), mas quem fez a festa foi Rafael Daniel. O piloto da FTS Competições (Peugeot) confirmou sua vantagem e garantiu o título mesmo não participando da prova deste domingo, no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, já que ele foi beneficiado pela combinação de resultados. Em sua quinta temporada na divisão de acesso ele finalmente chegou ao título.

Sondermann completou as 23 voltas em 41min02seg298, com média de 144,89 km/h. A segunda colocação na prova ficou com o paulista Tiago Gonçalves, da DCM Motorsport (Peugeot), 41min09seg182, e fechando o pódio ficou o paranaense Julio Campos, da Carlos Alves Competições (Peugeot), em 41min22seg175.

Como aconteceu ao longo de toda temporada, a Copa Vicar deu um show de competitividade e emoção. Os participantes impuseram um ritmo alucinante desde o começo, garantindo momentos incríveis. As brigas pelas primeiras posições foram o ponto alto da prova.

Gustavo Sondermann, que já tinha vencido em Interlagos nessa temporada, estava bastante feliz com o rendimento do seu carro. “Meu carro se portou bem, foi uma corrida fantástica, ainda mais com o respeito que o piloto Tiago Gonçalves teve ao ser ultrapassado e não ter provocado um acidente, já que seu carro vinha com problemas de freio”, comentou o único piloto a vencer duas provas nessa temporada.

Rafael Daniel também era só alegria apesar da apreensão que passou ao longo da prova. Afinal, seu carro quebrou a homocinética e não conseguiu alinhar o seu carro para etapa. Com isso, teve que ficar a beira da pista torcendo para que seus oponentes não tivessem sorte. “Essa foi a prova que mais fiquei cansado, tive que torcer para meu amigo Gustavo Sondermann ganhasse a prova e assim eu iria garantir a vitória na temporada”, finalizou.

Resultado da 9ª etapa da Copa Vicar:

1º) 4 – Gustavo Sondermann (Peugeot, SP), 23 voltas em 41:02.298 (média de 144,89 km/h)
2º) 69 – Tiago Gonçalves (Peugeot , SP), a 6.883
3º) 99 – Julio Campos (Peugeot , PR), a 19.876
4º) 10 – Felipe Lapenna (Peugeot , SP), a 20.508
5º) 14 – Diego Freitas (Peugeot , BA), a 23.349
6º) 43 – Cássio H de Melo (Chevrolet , SP), a 24.984
7º) 88 – Leandro Romera (Chevrolet , SP), a 25.513
8º) 90 – Eduardo Leite (Peugeot , SP), a 28.258
9º) 13 – André Bragantini (Peugeot , PR), a 30.598
10º) 17 – Eduardo Berlanda (Peugeot , SP), a 31.159
11º) 26 – Wellington Justino (Chevrolet , GO), a 31.330
12º) 62 – Renato Russo (Peugeot , SP), a 32.509
13º) 12 – Leonardo Vital (Peugeot , SP), a 46.178
14º) 44 – Daniel Pflaumer (Chevrolet , SP), a 1:03.871
15º) 9 – Cristiano Federico (Peugeot , SP), a 1:04.930
16º) 92 – Renato Rattes (Chevrolet , SP), a 1:14.373
17º) 73 – Sergio Jimenez (Chevrolet , SP), a 1:34.644
18º) 49 – Marcelo Cesquim ( , SP), a 1:39.673
19º) 1 – Andre Nicastro (Chevrolet , SP), a 1 volta
20º) 3 – Leonardo Medrado (Peugeot , RJ), a 1 volta
21º) 36 – Sergio Vida (Peugeot , PR), a 1 volta
22º) 31 – Italo Silveira (Chevrolet , MG), a 5 voltas
23º) 18 – Rodrigo Navarro (Peugeot, SP), a 6 voltas
24º) 11 – Pedro Boesel (Chevrolet , PR), a 9 voltas
25º) 28 – Galid Osman (Peugeot , SP), a 15 voltas
26º) 54 – Murillo Macedo (Peugeot , SP), a 16 voltas
27º) 23 – Marco Cozzi (Chevrolet , SP), a 16 voltas
28º) 16 – Afonso Bastos (Peugeot , SP), a 17 voltas
29º) 8 – Diogo Pachenki (Chevrolet , PR), a 20 voltas
30º) 98 – Marcelo Tomasoni (Peugeot , SP), a 20 voltas
31º) 21 – Lucas Finger (Chevrolet , SP), a 21 voltas

Melhor Volta: Gustavo Sondermann, 1:45.337 (147,26 km/h)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *