Desafio das Estrelas: Lucas volta ao Desafio das Estrelas

Terceiro colocado em 2006, Di Grassi compete com grandes nomes do automobilismo internacional em Florianópolis.

Depois de conquistar o vice-campeonato mundial de Fórmula GP2 em uma temporada repleta de surpresas e alternativas, Lucas Di Grassi volta a uma pista para competir novamente, mas desta vez em um clima bem mais relaxado. “Vou estar entre amigos”, diz ele, referindo-se ao Desafio das Estrelas, prova anual de kart realizada pelo piloto de Fórmula 1 Felipe Massa, que reunirá grandes nomes do automobilismo mundial em Florianópolis, no próximo fim de semana (25/11). “Mas também vou competir com gente que aprendi a admirar. Essa corrida é justamente isso: mistura muita alegria e descontração com um desafio para valer na pista. Todo mundo está lá para curtir, mas ninguém esconde a vontade de vencer. Querer ganhar e se superar faz parte do espírito de todo piloto”, completa Lucas.

Em 2006, entre os grandes astros do esporte, o jovem Lucas foi o terceiro colocado na prova, que teve como vencedor Felipe Massa. “Terceiro foi um resultado muito bom, uma vez que tem tanta gente boa na pista. Espero repetir um resultado assim. Sem dúvida é uma maneira legal de terminar o ano”, diz o piloto. Em sua terceira edição, o Desafio das Estrelas acontecerá no Kartódromo Internacional dos Ingleses e contará com presença de 25 nomes de muito respeito em diversas categorias, como Michael Schumacher, Rubens Barrichello, Gil de Ferran, Roberto Moreno, Tony Kanaan, Cacá Bueno, Ricardo Zonta, Alexandre Barros, entre vários outros pilotos de renome, além do próprio Felipe Massa.

Futuro – Ainda sob contrato do Renault Driver Development (RDD), o programa de apoio a jovens talentos da equipe francesa de Fórmula 1, Lucas Di Grassi aguarda as negociações entre as equipes da categoria máxima do esporte para definir seu futuro. O brasileiro está há quatro anos no RDD e, depois da excelente temporada na GP2, está entre os nomes que podem ser efetivados pelos times da F-1, seja como piloto oficial ou de testes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *