Endurance: Junqueira larga em terceiro em Sebring

Missão cumprida para o trio do Panoz de Nº 51. O norte-americano Gunnar Jeannette, com uma volta no período extra de 10 minutos dado pelos organizadores para compensar uma paralisação com bandeira vermelha levou o carro da Multimatic Motorsports, que dividirá com o mineiro Bruno Junqueira(Banco Rural/RM Sistemas/Telemont/Grupo A &C) e com Tom Milner à terceira posição do grid para as 12h de Sebring entre os inscritos na categoria GT2.


Experiente, apesar da pouca idade, Jeannette mostrou sangue frio e habilidade para garantir a marca de 2min03seg671 nos momentos finais do treino para a corrida de sábado, válida como abertura da temporada da American LeMans Series. A pole geral para a corrida foi conquistada pelo escocês Allan McNish, que registrou um feito inédito ao colocar o protótipo Audi R10 movido a diesel na primeira posição com 1min45seg828, em sua corrida de estréia.

A qualificação foi frenética entre os inscritos na GT2 (carros GT produzidos em série com chassis de aço ou alumínio e e motores aspirados de até 8.000cc, ou turbo 4.000cc). No encerramento do período originalmente previsto, apenas a Ferrari F430 GT da equipe Risi havia registrado um bom tempo, comandada pelo alemão Ralf Kelleners. Jeannette, sem conseguir acelerar em condições ideais, vinha em terceiro, mas com a posição em perigo. O outro carro da Multimatic, do trio David Brabham/Scott Maxwell/Sebastien Bourdais, sequer conseguiu uma flying lap. Bastou a decisão da direção de prova para que o panorama mudasse: Brabham, com pneus menos gastos que os demais, levou o Panoz 50 à pole na categoria, com 2min03seg563 e Jeannette, mesmo com a melhora dos demais 15 inscritos na GT2, manteve o terceiro lugar, atrás de Kelleners, que forma equipe com o paranaense Jaime Melo Júnior e o norte-americano Anthony Lazzaro.

Bruno, que acompanhou a movimentação nos boxes, destacou o bom desempenho de sua equipe e voltou a mostrar confiança em um bom desempenho na corrida de sábado. “Acredito que tivemos um excelente resultado, tudo parecia mal com a longa bandeira vermelha, mas com os minutos extras os dois carros tiveram a oportunidade de se recuperar, e os dois pilotos da equipe fizeram um extraordinário trabalho garantindo o 1o e 3o lugares. Realmente me surpreendi com a performance do meu companheiro, o Gunnar que tinha os pneus já gastos e mesmo assim conseguiu ficar bem perto do carro 50. Sei que a posição de largada numa prova tão longa assim não importa muito, mas é sempre bom para aumentar a moral na equipe”. Hoje, apesar da previsão de um treino livre de 1 hora pela manhã, o carro ficará nos boxes, uma forma de preservar o motor V8 Ford para as 12 horas de trabalho em alta rotação. Para o mineiro, será mais uma chance de entrar no clima da prova, com atividades como a sessão de autógrafos, e se preparar para sua primeira experiência neste tipo de competição.


12 Horas de Sebring
American LeMans Series – primeira etapa


Grid

Geral
1 – McNish (ESC)/Capello (ITA)/Kristensen (DIN) Audi R10 (LMP1) 1min45seg828
2 – Biela (ALE)/Pirro (ITA)/Werner (AUT) Audi R10 (LMP1) 1min47seg673
3 – Maassen (ALE)/Luhr (ALE)/Collard (FRA) Porsche RS2 Spyder (LMP2) 1min47seg900
4 – Bernhard (ALE)/Dumas (FRA)/Long (EUA) Porsche RS2 Spyder (LMP2) 1min48seg017
5 – Dyson (EUA)/Smith (ING) Lola B06/10 AER (LMP1) 1min49seg531
11 – Bright (AUS)/Lamy (POR)/Sarrazin (FRA) Aston Martin DBR9 (* 1º GT1) 1min55seg286

GT2
1 – David Brabham (AUS)/Scott Maxwell (CAN)/Sebastien Bourdais (FRA) Panoz Esperante LMGT 2min03seg563
2 – Ralf Kelleners (ALE)/Jaime Melo Jr. (BRA)/Anthony Lazzaro (EUA) Ferrari F430 GT 2min03seg608
3 – Bruno Junqueira (BRA)/Gunnar Jeannette (EUA)/Tom Milner (EUA) Panoz Esperante LMGT 2min03seg671

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *