EuroBoss: Temporada começa com apenas cinco carros

Depois do adiamento da primeira etapa, devido à erupção de um vulcão na Islândia, que provocou um caos aéreo, e o cancelamento de duas etapas por falta de participantes, a 10ª temporada do EuroBoss Series começou no domingo (08/08), em Magny-Cours, na França.

Tradicional campeonato europeu que reúne carros de F1, Indy, F3000 entre outros, de temporadas passadas, o EuroBoss sofreu um grande baque com a perda de seus principais pilotos, que migraram para o novo Boss GP. Com isso apenas cinco carros disputaram as duas primeiras etapas da temporada 2010, em Magny-Cours. Serão cinco etapas, em sistema de rodada dupla.


Prova 1:

O francês Damien Charveriat (Dallara GP2/05 Renault Mecachrome 4.0 V8/GP2) conquistou a pole-position para a primeira prova, com 1m31s189 (média de 174,139 km/h).

A vitória ficou com o francês Christopher Brenier (Dallara T02 Nissan 3.0 V6/ World Series), após 14 voltas e 22m46s453 de prova. O suíço Jean-Pierre Clement (Tatuus Honda 2.0/ Formula Masters) terminou em 2º, com Charveriat completando o pódio.

Os outros dois competidores abandonaram a prova. O português Carlos Antunes Tavares (Dallara T02 Nissan 3.4 V6/ World Series) na 2ª volta, com problemas de câmbio, e o austríaco Gerhards Hille (Dallara T05 Nissan 3.4 V6/ World Series), que rodou na primeira volta. Charveriat marcou a melhor volta, 1m32s317, na 3ª volta (média de 172, 011 km/h).

Final, prova 1:

1 – Christopher Brenier (Dallara T02 Nissan 3.0 V6/ World Series)14 voltas em 22m46s453 (média de 162, 694 km/h) Classe EuroBoss 3000
2 – Jean-Pierre  Clement (Tatuus Honda 2.0/ Formula Masters) 14 voltas Classe EuroBoss Invitation
3 – Damien Charveriat (Dallara GP2/05 Renault Mecachrome 4.0 V8/GP2)13 voltas Classe EuroBoss Open
Ab- Carlos Antunes Tavares (Dallara T02 Nissan 3.4 V6/ World Series) 2 voltas Classe EuroBoss 3000
Ab- Gerhards Hille (Dallara T05 Nissan 3.4 V6/ World Series) 0 volta Classe EuroBoss 3000

Prova 2:

Charveriat venceu a segunda prova, após 16 voltas e 24m55s371. Hille foi o 2º, 1m15s706 atrás. Brenier terminou em 3º.

Clement foi o 4º, a três voltas. A equipe de Tavares não conseguiu consertar o carro a tempo para a prova, com o português ficando fora. Charveriat marcou novamente a volta mais rápida, 1m31s216, na 10ª volta (média de 174, 087 km/h).    
A próxima etapa acontece em Bratislava, na Eslováquia, no dia 22 de agosto.

Final, prova 2:

1 – Damien Charveriat (Dallara GP2/05 Renault Mecachrome 4.0 V8/GP2) 16 voltas em 24m55s371 (média de 169, 906 km/h)
2 – Gerhards Hille (Dallara T05 Nissan 3.4 V6/ World Series) a 1m15s706
3 – Christopher Brenier (Dallara T02 Nissan 3.0 V6/ World Series) 15 voltas
4 –  Jean-Pierre  Clement (Tatuus Honda 2.0 Formula Masters) 12 voltas
NP- Carlos Antunes Tavares (Dallara T02 Nissan 3.4 V6/ World Series) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *