F-1: “Está melhor do que nunca”, afirma Stewart

Já Wurz cita Ecclestone como o principal responsável pelo sucesso da categoria

Com 60 anos de idade, a F-1 se tornou um símbolo de tecnologia e desenvolvimento científico no esporte, além de criar ídolos ao redor do mundo. E, na opinião de duas pessoas, um astro do passado e uma estrela contemporânea, a categoria vem melhorando a cada ano.

Para Jackie Stewart, tricampeão mundial em 1969, 71 e 73, a F-1 está mais forte que nunca e lembra que tudo existe por causa de uma paixão do homem pelo automóvel. “Eu não olho para trás. Acho que a F-1 hoje é melhor do que nunca. Tudo é melhor”, disse.

“O porto está mais cheio, com iates cada vez maiores, o público está aumentando (…). Passamos por tempos difíceis economicamente, todos os esportes sofreram. Mas todo mundo no planeta dirige carros, seja na floresta ou no deserto. Todo mundo dirige, então a F-1 vai se manter forte por muito tempo”, afirmou o escocês.

Para Alexander Wurz, ex-piloto da categoria, Bernie Ecclestone, atualmente presidente da FOM (Formula One Management) é o principal responsável pelo desenvolvimento da F-1 e pelo fato dela ter se tornado o que é hoje.

“Nestes 60 anos a F-1 mudou muito. Mas a pessoa que é mais responsável pelo sucesso da categoria é o Bernie Ecclestone, que reconheceu cedo o potencial comercial da categoria e construiu um grande show global com o qual quase nenhum esporte pode se comparar”, disse o austríaco.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *