F-Abarth: André Negrão faz barba, cabelo e bigode em Spa

Brasileiro domina primeira prova de F-Abarth disputada fora da Itália

André Negrão dominou a primeira prova internacional da F-Abarth, categoria italiana que neste fim de semana completa um programa de corridas dos mais completos e que inclui categorias de monopostos e GTs. O evento faz parte de um programa que poderá incorporar a categoria ao calendário europeu da F1 ou do WTCC (Campeonato Mundial de Carros de Turismo, na sigla em inglês), em 2010 segundo rumores que circulam nos paddocks internacionais com intensidade cada vez maior.

Disputada em 11 voltas pelo traçado ultra-veloz formado pelas estradas que ligam algumas das principais vilas e povoados das Ardenhas, a competição de hoje praticamente foi liderada de ponta a ponta pelo piloto de Campinas. Apesar do domínio que vem demonstrando desde os treinos de ontem, a posição de largada de André Negrão na prova de amanhã será apenas o décimo lugar, conseqüência do regulamento particular da prova, Negrão vai alinhar em décimo lugar:

“Para dar mais espetáculo ao público os organizadores exploram essa tendência cada vez mais comum no automobilismo: inverter a ordem de chegada ou de classificação para a segunda largada de uma rodada dupla. Isso vai garantir uma corrida interessante amanhã.”

Na prova de hoje Negrão liderou praticamente cem por cento dos 77.044 metros que formaram o percurso da corrida: o russo Maxim Zimin, que largou em terceiro, atrás do brasileiro, aproveitou o vácuo do carro do pole position e liderou boa parte da reta que liga a famosa curva Eau Rouge e a freada para o esse de Les Combes. Na freada para esse trecho, porém, o russo foi superado por André, que a partir de então não perdeu mais a liderança.

“Eu até esperei uma reação do Zimin, mas ele e seu companheiro de equipe, o suíço Patric Niederhauser, ficaram disputando a segunda posição e, com isso, fiquei tranqüilo para abrir meio segundo por volta”, comentou Negrão. Na corrida de amanhã os pilotos podem trocar pneus. O piloto de Campinas, tal como a maioria, vai largar com o jogo usado na prova de classificação. Victor Guerin, também do Brasil, terminou em quinto lugar.

1) André Negrão (Brasil), 11 voltas em 26m7s494
2) Maxim Zimin (Rússia), a 4″789
3) Patric Niederhauser (Suíça), a 6″199
4) Brandon Maisano (França), a 7″500
5) Victor Guerin (Brasil), a 17″238
6) Raffaele Marciello (Itália), a 18″005
7) Mans Grenhagen (Suécia), a 20″207
8) Eddie Cheever III (Itália), a 20″481
9) Riccardo Agostini (Itália), a 21″103
10) Lorenzo Camplese (Itália), a 25″192

Melhor volta: André Negrão (Brasil), 2m21s898

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *