F-BMW Norte-Americana: Marco Santos corre na preliminar da Fórmula 1

O catarinense Marco Santos (New Line / Feel Free / Worldpan) terá, no próximo final de semana (24 e 25/6), uma nova experiência em sua recém iniciada carreira no automobilismo internacional. No Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, no Canadá, ele participará da terceira rodada dupla do Campeonato Americano de Fórmula BMW, prova que será preliminar do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1.

“Não resta dúvida de que será uma experiência muito interessante. Correr no mesmo circuito e no mesmo dia em que um Grande Prêmio de Fórmula 1 estará sendo realizado será um incentivo muito grande para mim. E também um desafio”, revela Marco Santos, que compete pela Haberfeld & Walker Racing, do brasileiro Mário Haberfeld e do americano Derrick Walker.

Marco está cada vez mais empenhado em conhecer os segredos de seu Fórmula BMW. Até o ano passado ele competia no kartismo brasileiro, onde conquistou o Campeonato Sul-Brasileiro na categoria Novatos, e ainda ressente-se de uma maior adaptação à nova categoria. “Aos poucos estou chegando lá. Ainda ontem estive com um instrutor da própria BMW fazendo um curso de aperfeiçoamento, tanto de pilotagem quanto de ajustes do carro. São diversos e todos muito importantes e essenciais”, explica o catarinense de Blumenau.

A expectativa de Marco é ficar entre os dez primeiros classificados nas duas provas que compõem a terceira rodada dupla do ano. Apesar de nunca ter andado no Circuito Gilles Villeneuve, o piloto New Line / Feel Free / Worldpan conhece-o através das diversas provas de Fórmula 1 que assistiu naquela pista. “É um circuito difícil e muito seletivo. Vou sofrer um pouco no início, nas primeiras voltas dos treinos, mas acho que conseguirei me adaptar com rapidez”, espera Marco Santos.

A rodada dupla do Campeonato Americano de Fórmula BMW terá treinos livres na sexta-feira, bem como a tomada de tempos para as duas provas. A primeira delas será realizada no sábado e a segunda no domingo, ambas pela manhã. E a exemplo da Fórmula 1, Marco sabe que uma boa posição no grid de largada para as duas provas será muito importante. “Esta não é uma pista que ofereça muitos pontos de ultrapassagem, então uma boa tomada de tempos já é meio caminho andado”, finalizou Marco Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *