F-Renault: Barcelona tem oito corridas de quatro categorias diferentes no final de semana

A pista de Barcelona, na Espanha, sediou oito provas de quatro categorias diferentes no final de semana. A principal categoria patrocinada pela montadora francesa, a World Series Renault 3.5, teve a sua rodada dupla de abertura, assim como a F-Renault Européia e o Mégane Thophy Eurocup, campeonato de turismo. Já o Campeonato do Oeste Europeu de F-Renault 2.0 (WEC), disputou a sua segunda rodada dupla disputada.

World Series Renault 3.5:

O espanhol Marcos Martinez, da Pons, venceu as duas provas da rodada dupla de abertura da World Series Renault 3.5. Foram as primeiras vitórias do piloto na categoria.

Martinez dividiu o pódio da primeira prova com o belga Bertrand Baguette, da Draco, e o também espanhol Adrián Vallés, da Epsilon Euskadi, que largou na pole-position.

Na prova de encerramento da rodada (foto), disputada debaixo de chuva, Martinez largou da 7ª posição do grid, vencendo novamente. O estoniano Sten Pentus, da Fortec e o neozelandês Chris Van der Drift, da Epsilon Euskadi, completaram o pódio. O pole-position, o francês Charles Pic, da Tech 1, foi o 6º colocado.

Vinte e três pilotos, de treze países, disputaram a primeira rodada dupla do ano. O Brasil, que foi campeão em 2002, com Ricardo Zonta, não teve representante.

Martinez lidera o campeonato com 27 pontos, onze a mais do que Vallés.

A próxima rodada dupla acontece nos dias 2 e 3 de maio, em Spa-Francorchamps, na Bélgica.    

Final, prova 1, Barcelona:
1 – Marcos Martinez – Pons – 29 voltas em 47’05″443
2 – Bertrand Baguette – Draco – 1″443
3 – Adrian Valles – Epsilon Euskadi – 1″707
4 – Oliver Turvey – Carlin – 4″764
5 – Jaime Alguersuari – Carlin – 5″532

Final, prova 2, Barcelona:
1 – Marcos Martinez – Pons – 22 voltas em 41’20″462
2 – Sten Pentus – Fortec – 1″819
3 – Chris Van der Drift – Epsilon Euskadi – 2″908
4 – Adrian Valles – Epsilon Euskadi – 4″334
5 – Adrian Zaugg – Interwetten – 6″314

Campeonato:
1.Martinez 27;
2.Valles 16;
3.Van der Drift 14;
4.Pentus 13;
5.Baguette 10;

F-Renault Européia:

Com um segundo e um terceiro lugar, o português António Félix da Costa, da Motopark, saiu da Barcelona na liderança do campeonato, com 22 pontos.

As vitórias nas duas provas de abertura do campeonato ficaram com o francês Nathanael Berthon e o espanhol Albert Costa, ambos da Epsilon Euskadi. Costa havia vencido a primeira prova, mas acabou desclassificado devido a uma parte do câmbio do seu Tatuus FR2000 estar fora do regulamento.

Final, prova 2, Barcelona:
1 – Nathanael Berthon – Epsilon Euskadi – 15 voltas em 26’00″552
2 – Nico Muller – Jenzer – 8″002
3 – Antonio Da Costa – Motopark – 8″817
4 – Johan Jokinen – Iquick – 10″790
5 – Miki Monras – SG – 13″442

Final, prova 2, Barcelona:
1 – Albert Costa – Epsilon Euskadi – 14 voltas em 27’07″415
2 – Antonio Da Costa – Motopark – 7″476
3 – Miki Monras – SG – 8″672
4 – Patrick Kronenberger – Iquick – 12″667
5 – James Calado – Fortec – 12″835

Campeonato:
1.Da Costa 22;
2.Costa, Monras 16;
4.Berthon 15;
5.Muller 12;

F-Renault 2.0 West European Cup (WEC):

Com os carros do Oeste Europeu de F-Renault 2.0 (WEC) e do Europeu de F-Renault são os mesmo, o Tatuus FR2000, nove, dos quinze pilotos do grid da segunda etapa da temporada do WEC, também haviam disputado a abertura do certame Europeu. Foram eles: Albert Costa, Nathanael Berthon e Carlos Munoz (da Epsilon Euskadi), Miki Monrás, Arthur Pic, Dominic Storey, Hugo Valente e Jean Eric Vergne (da SG) e Benjamin Lariche, da Pole Services.

Na abertura da rodada dupla Vergne venceu pela terceira vez consecutiva, seguido por Costa e o pole-position Pic.

O francês Julien Abelli, da SG, e que só disputa o WEC, venceu a quarta prova do ano, depois de sair da pole-position. Foi a sua primeira vitória na categoria. Vergne e Monras completaram o pódio.

Vergne lidera o campeonato com 60 pontos. Monrás é o vice, somando 41.

Final, prova 1, Barcelona:
1 – Jean Eric Vergne – SG – 16 voltas em 28’30″756
2 – Albert Costa – Epsilon Euskadi – 9″372
3 – Arthur Pic – SG – 11″178
4 – Miki Monras – SG – 11″312
5 – Nathanael Berthon – Epsilon Euskadi – 12″836

Final, prova 2, Barcelona:
1 – Julien Abelli – SG – 15 voltas em 26’52″857
2 – Jean Eric Vergne – SG – 0″324
3 – Miki Monras – SG – 0″518
4 – Arthur Pic – SG – 1″506
5 – Nathanael Berthon – Epsilon Euskadi – 4″027

Campeonato:
1.Vergne 60;
2.Monras 41;
3.Abelli 37;
4.Costa 29;
5.A.Pic 28;

Mégane Thophy Eurocup:

As duas provas da rodada dupla de abertura do campeonato, disputado com o Renault Megane Trophy, foram disputadas com chuva. O suíço Jonathan Hirschi, da TDS, venceu a primeira prova, com o holandês Mike Verschuur, da Verschuur, faturando a segunda prova.

A francesa Marguerite Laffite, filha do ex-piloto de F-1, Jacques Laffite, disputa a temporada pela Boutsen Energy Racing, equipe do belga Thierry Boutsen, também ex-F1.

Hirschi lidera o campeonato com 27 pontos. Seu pai, Pierre, de 51 anos, soma um ponto, na 10ª colocação.

Final, prova 1, Barcelona:
1 – Jonathan Hirschi – TDS – 19 voltas em 42’37”672
2 – Jean-Philippe Madonia – TDS – 18″051
3 – Mike Verschuur – Verschuur – 33″742

Final, prova 2, Barcelona:
1 – Mike Verschuur – Verschuur – 19 voltas em 42”37″436
2 – Jonathan Hirschi – TDS – 0”413
3 – Bernhard Ten Brinke – Verschuur – 8″151

Campeonato:
1. J. Hirschi 27 pontos;
2. Verschuur 26;
3. Madonia 18;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *