F-Renault Italiana: Categoria corre na Bélgica neste fim de semana

Terceira etapa do campeonato será no circuito de Spa, um os mais desafiadores da temporada para os jovens pilotos da categoria.

 


O Campeonato Italiano de Fórmula Renault terá prosseguimento neste fim de semana com a realização da terceira rodada dupla da temporada de 2007, no circuito de Spa, na Bélgica. Esta será a primeira das duas etapas do torneio realizadas fora dos limites da Itália – a outra está marcada para o dia 01 de julho, em Valência, na Espanha – e tem sido uma das corridas mais aguardadas do ano pelos pilotos.


 


Na opinião do brasileiro Felipe Lapenna (WebMotors), que estréia no automobilismo internacional neste ano após sagrar-se Campeão Brasileiro de Fórmula Renault no ano passado, o alto nível de dificuldade do traçado belga e a história de memoráveis corridas de Fórmula 1 realizadas neste circuito mexem com os pilotos tanto quanto a disputa pela liderança na tabela de classificação do campeonato.


 


“Poder competir em Spa é uma sensação muito boa”, declarou o brasileiro. “Tanto que, embora estejamos em um momento importante da temporada, com uma disputa ponto a ponto pela segunda colocação e com pelo menos dez pilotos tentando descontar a diferença que para o líder, é normal ver os pilotos comentando sobre o circuito, e sobre como é prazeroso correr aqui”, declarou Lapenna, que já esteve na pista nesta quarta-feira (13) para acompanhar a montagem dos boxes de sua equipe, a BVM-Minardi.


 


Diferentemente das outras etapas do campeonato italiano, a rodada dupla da Bélgica começa já nesta quinta-feira, com a realização de três sessões de treinos livres com duração de uma hora cada. Na sexta serão realizados mais um treino de 30 minutos e a tomada oficial de tempos – que na Fórmula Renault Italiana e Européia é única para as duas corridas do fim de semana. As provas serão na sexta-feira e no sábado. O domingo será reservado para uma prova de 24 horas no circuito.


 


“Felizmente teremos uma quantidade boa de treinos antes da sessão de classificação, e poderei conhecer a pista com calma, buscar um melhor acerto para o carro sem muita correria. Essa é uma pista longa, onde um carro bem ajustado faz muita diferença, e estamos esperando sessões bastante competitivas, como tem sido habitual na temporada. Por isso o empenho desde o primeiro treino tem de ser total”, ressaltou Felipe Lapenna.


 


O piloto brasileiro ocupa a sexta posição na classificação do campeonato com 68 pontos, e está a apenas oito da vice-liderança – atualmente dividida por Brendon Hartley e Martin Plowman, que somam 76. A primeira posição é do alemão radicado na Holanda, Henkie Waldschmit, que abriu boa vantagem após vencer as duas primeiras corridas da temporada e tem 126 pontos ganhos. A cada rodada dupla da F-Renault Italiana, 72 pontos estão em jogo. Os vinte primeiros colocados na classificação geral passadas duas etapas são:


 


1) Henkie Waldschmit, 126


2) Brendon Hartley, 76


3) Martin Plowman, 76


4) Marinescu Mihai, 74


5) Mika Maki, 70


6) Felipe Lapenna, 68


7) Jaime Alguersuari, 62


8) Daniel Ricciardo, 54


9) Roberto Merhi, 52


10) Andrea Caldarelli, 44


11) Oliver Turvey, 42


12) Simeon Ivanov, 26


13) Aleix Alcaraz, 25


14) Daniel Zampieri, 20


15) Niky Sebastiani, 20


16) Ramos Cesar Zanetti, 16


17) Fabio Leimer, 11


18) Michele Faccin, 11


19) Riccardo Cinti, 10


20) Bianca Steiner, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *