F-São Paulo: Competitividade com força total neste final de semana em Interlagos

Victor Corrêa foi o único que esteve entre os diferentes líderes, vencedores, pole-positions e melhores voltas.

Três corridas se passaram, e três vencedores diferentes apareceram, alternando a liderança do campeonato de uma competição em que não se pode ainda apontar um favorito. Qualquer semelhança com a Fórmula 1 pode ser mera coincidência, pois neste final de semana (06/05) é a vez da Fórmula São Paulo partir para sua quarta etapa do campeonato, que será realizada – como todas as rodadas – no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos), zona Sul de São Paulo.

A competitividade chegou pra valer na F-São Paulo, junto com o recorde de maior número de inscritos desde a criação da categoria, com a participação de 17 pilotos. Para se ter uma idéia, nenhum quesito principal teve um piloto repetindo presença nas três primeiras corridas. Os que já destacaram seus nomes este ano foram Allisson Paulinelli (SC), Caio Lara (SP), Marcio Pasaneli (AM), Rafael Suzuki (SP) e Victor Corrêa (MG), este último estando presente em todas as quatro principais estatísticas: vitória, pole-position, volta mais rápida e liderança no campeonato. “Este é um campeonato em que a regularidade no pelotão da frente definirá o campeão. Quem escorregar alguma vez, ainda pode ter a ajuda da regra dos descartes, mas o melhor a se fazer é não contar com isso”, alerta Corrêa, representante da Unifenas, Flash Power e Raster.

Terceiro colocado na classificação geral, o mineiro Victor Corrêa também deseja quebrar estas estatísticas do início da temporada e voltar a assumir a ponta da tabela, já que no momento ele está a apenas seis pontos do líder, o paulista Caio Lara. “Seria interessante quebrar algumas dessas estatísticas neste fim de semana. Acho que esta é a missão que todos os pilotos irão usar como motivação, e eu espero ser o primeiro a repetir uma vitória”, comentou o piloto da Alpie Competições, que começou a temporada como primeiro líder do certame após uma arrasadora vitória na chuva.

Além da diversidade nas estatísticas, a categoria que leva o nome de um estado já tomou dimensões nacionais, visto que os seis primeiros na classificação geral são de estados diferentes: Amazonas, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Criada há cinco anos, a Fórmula São Paulo era vista como uma alternativa de baixo custo em relação à Fórmula Renault. Com a ausência da categoria apoiada pela montadora francesa no cenário nacional neste ano, a competição paulista passou a ser a única categoria brasileira de monopostos em atividade no momento, e preparatória dos pilotos que desejam prosseguir para as modalidades internacionais, como a Fórmula 3. “Este é o meu objetivo. Quem sabe no ano que vem eu vou estar lá com o Clemente Faria Júnior, que é de Belo Horizonte, para levar mais vitórias para Minas”, planeja o jovem piloto de Alfenas, cidade do Sul de Minas Gerais.

Na Fórmula São Paulo todos os monopostos utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 136 cavalos de potência, que chegam a 230 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.

Confira as estatísticas pela ordem da realização das três provas da temporada 2007 da Fórmula São Paulo:

Poles: Allisson Paulinelli (SC), Rafael Suzuki (SP) e Victor Corrêa (MG),
Vitórias: Victor Corrêa (MG), Allisson Paulinelli (SC) e Caio Lara (SP),
Melhores voltas: Victor Corrêa (MG), Allisson Paulinelli (SC) e Caio Lara (SP),
Liderança do campeonato: Victor Corrêa (MG), Márcio Pasaneli (AM) e Caio Lara (SP).

A classificação do Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo após três etapas está assim:
1) Caio Lara (SP), O Corsário Motel/Eclipse Hotel/Alpie Competições, 41;
2) Allisson Paulinelli (SC), Virtual Panorâmico/Dragão Motorsport, 39;
3) Victor Corrêa (MG), Unifenas/Flash Power/Raster/Alpie Competições, 35;
4) Márcio Pasaneli (AM), Proview/Gov. Amazonas/Alpie Competições, 27;
5) Thiago Calvet (RJ), Alfaparf/Iaconelli, 19;
6) Werner Neugebauer (RS), Harald/PropCar, 18;
7) José Amorim Junior (SP), Fiolux/EMB Racing, 13;
8) Felipe Leonardos (SP), Opus Papéis/Massoni Racing, 12;
9) Henrique Lambert (RJ), Iaconelli, e Leandro Florenzo (SP), Dynamics Perícias/PropCar, 8;
11) Paulo Meyer (SP), Interkart, e Thiago Armentano (SP), Ecco/Cards and Co/GTM2, 6;
13) Nilton Molina (SP), Mongeral/PropCar, e Rafael Suzuki (SP), Shutt/Phebem, 4;
15) Gabriel Tojal (SP), Agecom/Vorax/GTM2, 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *