F-São Paulo: Muda data e local da próxima etapa

Mineiro Victor Corrêa mantém folgada vantagem na liderança do campeonato.

A Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP) comunicou que a oitava etapa do Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo, programada para o dia 14 de outubro no Rio de Janeiro (RJ), foi transferida para o dia 4 de novembro, desta vez no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Para que o calendário seja ajustado e totalmente cumprido, será realizada uma rodada dupla, nos dias 1º e 2 de dezembro. “O importante é que as dez corridas sejam disputadas, e ainda dentro desta temporada, para que possamos cumprir nossos contratos com equipe e patrocinadores”, opina o mineiro Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power), líder do certame com quatro vitórias.


 


Esta é a segunda mudança no calendário do automobilismo paulista neste ano, em virtude do impedimento de se realizar provas no Autódromo José Carlos Pace, devido às amplas reformas que estão sendo executadas desde meados de junho para abrigar o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, no dia 21 de outubro.  


Desta forma, a sexta etapa foi transferida para Londrina (PR), no dia 28 de agosto, e que teve Victor Corrêa como vencedor pela quarta vez na temporada. A sétima rodada foi realizada no Rio de Janeiro (RJ), dia 23 de setembro, com a primeira vitória do carioca Henrique Lambert (Iaconelli). A oitava competição estava marcada para o dia 14 de outubro, novamente no Rio de Janeiro, e agora sofreu alteração de data e praça.  


“A Federação tem tentado ajustar o calendário e os locais para dar continuidade às corridas. Só que agora ficaremos 40 dias sem correr. Isto é ruim, pois estamos em uma categoria-escola e precisamos estar sempre em atividade, para ir evoluindo”, apontou o piloto da Unifenas/Flash Power. “O fato bom é que a prova vai para Interlagos, e isto diminui bastante os custos. Eu particularmente preferia que fizéssemos uma corrida agora em outubro, mas em outra pista, talvez Curitiba (PR), que não é tão longe de São Paulo, pois assim eu aprenderia outro circuito”, observa Victor.


 


O que mais desagradou o líder do campeonato é ter que disputar uma rodada dupla. “Como estamos em início de carreira, quanto mais treinarmos, melhor. Em com rodada dupla, andamos menos. Além disso, temos o risco de enfrentar problemas com o carro no sábado, e irmos correr no domingo sem saber se tudo foi bem solucionado. É preciso apelar para a sorte, o que não é bom num esporte como o automobilismo”, acredita o representante de Alfenas, sul de Minas Gerais.


 


Victor Corrêa construiu uma vantagem de 14 pontos sobre o paulista Caio Lara (O Corsário Motel/Eclipse Hotel), o segundo colocado no campeonato. Mesmo com os seis primeiros colocados tendo chances matemáticas de brigarem pelo título, caso Victor vença a próxima etapa, o jovem de 17 anos poderá ser campeão por antecipação.


 


Na Fórmula São Paulo todos os monopostos utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 136 cavalos de potência, que chegam a 230 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.


 


Classificação do Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo após sete etapas:


 


1) Victor Corrêa (MG), Unifenas/Flash Power/Alpie Competições, 99;


2) Caio Lara (SP), O Corsário Motel/Eclipse Hotel/Alpie Competições, 85;


3) Márcio Pasaneli (AM), Proview/Gov. Amazonas/Alpie Competições, 68;


4) Allisson Paulinelli (SC), Virtual Panorâmico/Dragão Motorsport, 64;


5) Felipe Leonardos (SP), Opus Papéis/Massoni Racing, 49;


6) Thiago Calvet (RJ), Alfaparf/Iaconelli, 44;


7) Henrique Lambert (RJ), Iaconelli, 36;


8) José Amorim Junior (SP), Fiolux/EMB Racing, 35;


9) Werner Neugebauer (RS), Harald/PropCar, 26;


10) Thiago Armentano (SP), Ecco/Cards and Co/Dragão Motorsport, 10;


11) Gabriel Tojal (SP), Agecom/Vorax/Dragão Motorsport, 9;


12) Leandro Florenzo (SP), Dynamics Perícias/PropCar, 8;


13) Paulo Meyer (SP), Interkart, 7;


14) Nilton Molina (SP), Mongeral/PropCar, 5;


15) Rafael Suzuki (SP), Shutt/Phebem, e Vinicius Mauri (SP), Fall/Prismex/Iza Plast, 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *