F-São Paulo: Quarta etapa acontece domingo

Mineiro Victor Corrêa é outro que quer figurar novamente no pódio do campeonato paulista.

Principal categoria-escola regional do automobilismo brasileiro, a Fórmula São Paulo está recebendo uma invasão de “estrangeiros”. O líder, com duas vitórias, é o carioca Leonardo Otero (Administradora Nacional), com 55 pontos, seguido do catarinense Allisson Paulinely Silva (Virtual Panorâmico), vencedor de uma prova, vice-líder com 35. Em terceiro, aparecem os também catarinenses Leonardo Zappelini (Transnaza), empatado com seu primo Ricardo, ambos com 18 pontos. O primeiro paulista vem apenas em quinto, com André Gouvêa somando 15 pontos após três etapas. “Eu quero entrar nesta briga e ser mais um piloto de fora a ter sucesso em São Paulo”, planeja o mineiro Victor Corrêa (Unifenas), que estreou na prova passada, terminando já em quarto. A quarta etapa será realizada no próximo domingo (30/4), a partir das 9h30, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, zona sul de São Paulo.

A antiga Fórmula Ford ficou muito valorizada depois que revelou para o automobilismo brasileiro o paulista Nelson Merlo, campeão da modalidade em 2004, e que no ano passado já faturou o título da Fórmula Renault Brasil e nesta temporada já está freqüentando o pódio da Fórmula 3 Sul-Americana. Outros pilotos que começaram nesta categoria e saíram da Fórmula São Paulo no ano passado bem preparados, foram o paulista Fernando Galera e o gaúcho Vinicius Quadros, que já largaram da pole position nas duas primeiras corridas da Fórmula Renault em 2006, sendo que o piloto do Rio Grande do sul venceu a primeira corrida da temporada. “A categoria é uma verdadeira escola para os pilotos que pretendem correr na Fórmula Renault e na Fórmula 3. Na Fórmula São Paulo os pilotos têm a oportunidade de aprender mais sobre o acerto do carro, uma vez que a equipe pode fazer substituição e mexer em maior número de itens nos carros do que na Fórmula Renault, como suspensão, molas, amortecedores, barras estabilizadoras, etc. E outra grande vantagem da categoria é a possibilidade de treinar a vontade, uma necessidade básica para quem está aprendendo”, considera o tricampeão mineiro de kart, que viaja de Alfenas, sul de Minas Gerais, para treinar e correr em São Paulo.

Somente pilotos com no mínimo 16 anos, graduados de kart ou com curso de pilotagem podem participar das disputas da Fórmula São Paulo, que têm em média 15 concorrentes por prova, o mesmo grid das outras categorias de monopostos no Brasil. Por isso, pilotos de várias regiões do país têm se aventurado neste certame regional, para se prepararem bem para os campeonatos de nível nacional e até internacional. “Para mim está sendo muito bom. Na minha estréia, na etapa passada, tive problema mecânico no carro, mas, mesmo assim, fiz uma boa corrida e subi no pódio em quarto lugar. Acabei superando a minha meta para a primeira corrida. Agora, sem o nervosismo e as dificuldades da estréia, quero tentar terminar entre os três primeiros, para subir um pouco mais na tabela do campeonato”, prevê o piloto da Unifenas, que está em oitavo na classificação, com 10 pontos. Victor Corrêa perdeu as duas primeiras etapas do Campeonato Paulista pois ainda não tinha a idade mínima exigida para estrear.

Todos os monopostos da Fórmula São Paulo utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 132 cavalos de potência, que chegam a 220 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.

Depois de três etapas, o Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo está assim:
1) Leonardo Otero (RJ), 55 pontos;
2) Allisson Paulinely Silva (SC), 35;
3) Ricardo Zappelini (SC) e Leonardo Zappelini (SC), 18,
5) André Gouvêa (SP), 15;
6) Rodrigo Barbosa (SP) e Adriano Buzaid (SP), 12;
8) Victor Corrêa (MG), Unifenas e Fernando Rodrigues (SP), 10;
10) Fábio Orsolon (RJ), 8;
11) Vinícius Mauri (SP), 6;
12) Rodolpho Santos (GO), 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *