F-São Paulo: Victor Corrêa termia em quarto

Depois de três etapas, finalmente um piloto paulista venceu no Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo. Rodrigo Barbosa (Frisos Interjob) completou neste domingo (30/4) as 17 voltas no Autódromo de Interlagos (SP) em 30min16s678, e além de ter vencido a quarta etapa do certame, comemorou a sua primeira vitória no automobilismo, assumindo a quarta posição na tabela de pontuação. A liderança ainda é do carioca Leonardo Otero (Administradora Nacional), que abandonou a prova com problemas na bomba de combustível. Mesmo chegando em sétimo, o catarinense Allisson Pauliney Silva (Virtual Panorâmico) é o vice-líder, seguido de seu conterrâneo Ricardo Zappelini (Transnaza), o segundo na corrida.

Participando de sua segunda corrida no automobilismo, o tricampeão mineiro de kart Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power) novamente subiu no pódio, depois de terminar na quarta posição, logo atrás do carioca Fábio Orsolon (Cabo Frio/Unimed). Com este resultado, ambos estão empatados em sexto no campeonato. “Foi uma boa corrida, acredito que tive um bom desempenho para quem estava fazendo apenas a sua segunda prova com carro”, analisa Victor Corrêa. “Ainda estou cometendo alguns erros, e o carro não estava perfeito. Para a próxima vamos melhorar ainda mais”, projeta o piloto da Unifenas/Flash Power.

A equipe Alpie Racing/Unifenas/Flash Power enalteceu o desempenho de Victor Corrêa. “Ele vem melhorando a cada vez que entra na pista. Nesta corrida ele já foi bem mais rápido do que na estréia. Com mais horas de vôo, ele estará brigando pela vitória”, elogiou Aldo Piedade Júnior, o chefe de equipe. “Vamos testar outra regulagens para ele no intervalo para a próxima etapa, além de estrear a aquisição de dados, que irá ajudar muito no desenvolvimento dele. Por enquanto, ele está indo bem, dentro da pequena experiência que ele tem”, complementa o engenheiro Emerson Piedade.

Em quatro provas disputadas, a Fórmula São Paulo teve três vencedores diferentes. O carioca Leonardo Otero venceu duas e acumula 55 pontos no Campeonato Paulista. O catarinense Allisson Paulinely Silva venceu uma e soma 38 pontos na vice-liderança, enquanto que o paulista Rodrigo Barbosa, vencedor desta última prova disputada, chegou a 32 pontos, apenas um atrás do catarinense Ricardo Zappelini, que tem se destacado pela sua regularidade.

Todos os monopostos da Fórmula São Paulo utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 132 cavalos de potência, que chegam a 220 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.

Os seis primeiros na quarta etapa da Fórmula São Paulo foram:
1) Rodrigo Barbosa (SP), Frisos Interjob, 17 voltas em 30min16s678;
2) Ricardo Zappelini (SC), Transnaza, a 9s237;
3) Fábio Orsolon (RJ), Cabo Frio/Unimed, a 11s034;
4) Victor Corrêa (MG), Unifenas, a 20s363;
5) Rodrigo Gualberto (MG), TV Leste/Rádio Globo/TV Rio Doce, a 26s150;
6) Leonardo Zappelini (SC), Transnaza, a 27s988.

Depois de quatro etapas, o Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo está assim:
1) Leonardo Otero (RJ), 55 pontos;
2) Allisson Paulinely Silva (SC), 38;
3) Ricardo Zappelini (SC), 33;
4) Rodrigo Barbosa (SP), 32;
5) Leonardo Zappelini (SC), 22,
6) Victor Corrêa (MG) e Fábio Orsolon (RJ), 20;
8) André Gouvêa (SP), 15;
9) Adriano Buzaid (SP), 12;
10) Fernando Rodrigues (SP), 11;
11) Vinícius Mauri (SP) e Rodrigo Gualberto (MG), 8;
13) Rodolpho Santos (GO), 4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *