F1: Abatido, Hamilton diz que Massa não deu espaço para ultrapassagem

O inglês Lewis Hamilton apontou que o erro na colisão com Felipe Massa, mais uma na temporada 2011, desta vez no Grande Prêmio da Índia, neste domingo, foi do brasileiro da Ferrari.

A McLaren do inglês chocou-se com a parte esquerda do carro de Massa, em uma curva durante uma tentativa de ultrapassagem. Logo depois, o brasileiro foi punido pelos comissários da prova com um drive-through. Nenhum dos dois precisou abandonar em função do incidente, mas o ferrarista acabou quebrando a suspensão após passar em uma zebra irregular e deixou a corrida.

Depois da prova, Hamilton não escondeu que estava muito frustrado com o resultado da prova: a sétima colocação. “Não tem muito o que dizer. É um dia decepcionante. Meu time trabalho o fim de semana inteiro como a sempre faz. Eu realmente não sei o que dizer”, disse.

No minuto de silêncio respeitado antes da largada em homenagem aos falecidos Marco Simoncelli, da MotoGP, e Dan Wheldon, da Indy, Hamilton foi até Massa, o abraçou e sussurrou algo em seu ouvido, causando a impressão de que não tinham mais problemas entre os dois, protagonistas de polêmicas nas etapas de Mônaco, Cingapura e Japão deste ano.

“Eu e Felipe estávamos um ao lado de outro. Ele não tem falado comigo faz um bom tempo, então coloquei meu braço sobre ele e disse ‘boa sorte na corrida’. Mas na prova eu tentei uma ultrapassagem e tentei voltar porque pareceu que ele não ia me dar espaço quando nos chocamos. Eu peço muitas, mas muitas desculpas para o time”, acrescentou.

Apesar de não ter deixar a prova indiana, o inglês da McLaren admitiu que a batida influenciou sua corrida. “Tive algumas vibrações, o lado direito parecia que estava raspando no chão. Eu simplesmente tive um desempenho muito pobre, e estava tentando o máximo que podia. O carro parece bem, então deve ser eu”, concluiu.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *