F1: Acabou, a categoria volta a sua paz

Acordo entre FIA e FOTA coloca um ponto final na discussão que criava inclusive um novo campeonato para 2010, com a presença da maioria das equipes e sem o GP do Brasil.

Nessa quarta-feira membros da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e da FOTA (Associação das Equipes de Fórmula 1 – sigla em inglês) chegaram a um acordo o que significa que em 2010 haverá apenas um campeonato.

Os pontos mais importantes da reunião diz respeito ao fim do teto orçamentário para a próxima temporada, além da não candidatura para reeleição do atual presidente da FIA, Max Mosley.

A saída de Mosley é um desejo antigo dos times, que a muito não se entendem com o chefão devido as contantes mudanças de regulamento entre outros assuntos políticos; a criação de um teto orçamentário no valor de US$ 65 milhões foi a gota d´água para os times.

No final da reunião, Mosley explicou: “Não haverá separação, e acontecerá um campeonato único em 2010.
Chegamos a um acordo sobre a redução dos custos. Haverá só um campeonato de Fórmula 1, mas o objetivo será voltar aos
níveis de despesa que tínhamos em 1990 nos próximos dois anos”,
completou o dirigente logo após o término da reunião do Conselho
Mundial da FIA.

Com isso, o Grande Prêmio do Brasil está salvo, uma vez que no calendário divulgado pela FOTA nessa terça-feira (23/06) a prova brasileira não existia.

Um comunicado oficial com os times presentes em 2010 é aguarado ainda hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *