F1: Acordo não sai e F-1 terá novas reuniões neste sábado

Mais uma vez, um encontro entre os chefes das equipes de Fórmula 1 e o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, terminou sem acordo. Os dirigentes, entretanto, seguirão negociando neste sábado e estão otimistas.

“Foi um longo e construtivo encontro”, declarou o presidente da Ferrari e da FOTA (Associação das Equipes de Fórmula 1), Luca di Montezemolo. “Vamos ter uma reunião entre nós amanhã e depois um novo encontro com Mosley”, emendou.

Os times da categoria pretendem derrubar o teto orçamentário de R$ 128 milhões imposto pela FIA para a temporada 2010. De acordo com a entidade que rege o automobilismo mundial, quem gastar mais que isso terá que se submeter a um outro regulamento, com regras técnicas mais duras.

“Queremos que a Fórmula 1 continue sendo a Fórmula 1 e não se torne algo diferente e cheio de regras confusas para o público”, declarou Montezemolo. “Vamos trabalhar nos próximos dois anos para achar uma maneira de reduzir os custos”, continuou, se referindo ao principal objetivo da FIA com a medida.

Na saída do encontro, Mosley declarou-se otimista. “Foi uma reunião construtiva. As negociações continuam sendo feitas. Os assuntos são os mesmos, mas estou otimista na possibilidade de um acordo”, declarou.

Nesta sexta, os chefes dos times se reuniram no iate de Flavio Briatore, chefe da Renault. Após conversarem, os dirigentes seguiram para o Automóvel Clube de Mônaco, a fim de se encontrar com Mosley.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *