F1: Ainda CEO da McLaren, Dennis garante: ‘Não abandonei o barco’

Muito se falou e se especulou desde quando Ron Dennis anunciou que, após 28 anos, deixaria de ser o chefe de equipe da McLaren. Acionista e ainda CEO (sigla em inglês para chefe-executivo) da montadora, o empresário assegura que não abandonou o barco da Fórmula 1, afirmando que ainda terá peso nas decisões esportivas dos britânicos, que agora ficarão a cargo de Martin Whitmarsh.

Homem-forte da McLaren nas pistas desde 1980, Dennis passará o bastão a Whitmarsh em 1º de março, conforme revelou durante o lançamento do modelo 2009 da escuderia, no último dia 16. Julgando que tenha sido mal-interpretado após o anúncio, o inglês de 61 anos garantiu ao site oficial da Fórmula 1 que ainda terá participação na equipe.

“Não estou abandonando o barco – não estou abandonando nada”, bradou Dennis. “Deixei claro que haverá um reajuste de obrigações e responsabilidades entre mim e Martin. Planejei isso por anos e, a partir de março, eu espero trabalhar mais duro do que nunca porque devo me concentrar em liderar o crescimento da McLaren, que emprega mais de 1.300 pessoas e da qual eu permaneço como acionista e chefe-executivo”.

Embora admita que está prestes a exercer uma função mais administrativa na fábrica de Woking, o veterano assegura que sua presença ainda será sentida na Fórmula 1 – além de acompanhar in loco algumas das corridas, ele também influenciará as decisões de Whitmarsh.

“Marin se tornará o chefe de equipe, mas somos bons amigos e continuaremos próximos; assim, nossos papéis se juntarão em alguns momentos naturalmente”, explicou Dennis, admitindo ainda que chegou a adiar sua decisão que só veio em janeiro passado.

“Queria ter sido substituído em 2007, mas por causa de alguns episódios fora da pista mudei de opinião”, continuou, em referência ao escândalo de espionagem que manchou a Fórmula 1. “Porém, depois dos triunfos de 2008 – não só por causa do título de Lewis Hamilton mas também pela criação da FOTA (Associação dos Times da F-1) -, achei que este era o melhor momento para o anúncio, feito diante de vários jornalistas justamente no lançamento do nosso novo carro”.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *