F1: Atrás, Ferrari critica sistema de pontos da categoria

A Ferrari fez criticas ao sistema de pontuação da Fórmula 1 em razão da diferença entre o primeiro e o segundo colocados ser de apenas dois pontos em um Grande Prêmio.

Em 2003, quando a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu mudar o sistema para o atual, a escuderia italiana esteve de acordo. Neste ano, o alemão Michael Schumacher venceu duas corridas e pouco viu mudanças na diferença que o separa do líder da competição, o espanhol Fernando Alonso, da Renault.

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo declarou que considera injusto o sistema de pontuação atual. O chefe da escuderia, o francês Jean Todt, acredita que o sistema não favorece a Ferrari.

“Há quem diga que a FIA toma decisões para favorecer a Ferrari. Mas está claro que também decide outras coisas que nos prejudicam”, disse ao diário La Gazzetta dello Sport.

Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *