F1: Autógrafos e entrevistas obrigatórias são outras novidades para 2009

Fernando Alonso encerra o primeiro dia de treinos para o Grande Prêmio do Brasil e segue ao pitlane para participar de uma sessão de autógrafos. A cena, antes comum apenas no automobilismo norte-americano, passará a ser vista também na Fórmula 1 a partir de 2009. Além de apontar que o número de vitórias decidirá o campeão deste ano, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou outras medidas para deixar os pilotos mais acessíveis ao público.

A última reunião do Conselho Mundial da entidade, realizada nesta terça-feira em Paris, definiu que todos os pilotos da Fórmula 1 terão de dar autógrafos em um local pré-definido durante o primeiro dia de cada corrida, portanto, nos testes de sexta-feira. Além disso, os astros também são obrigados a atender a imprensa após as provas mesmo que não estejam presentes nas conferências de imprensa – que reúnem apenas os três que sobem ao pódio.

O público também foi agraciado pela FIA com uma regra que ajudará no entendimento dos grandes prêmios, visto que agora todos saberão a quantidade de combustível com que cada carro terminou o treino de classificação. Para evitar confusões, os pneus de chuva e chuva forte ainda serão rebatizados para compostos ‘intermediários’ e ‘de chuva’, respectivamente.

Alteração também nos testes: O Conselho Mundial da FIA também utilizou o encontro parisiense para se anunciar a nova regra para os testes. Antes banidos na inter-temporada, os trabalhos estão liberados entre o fim do Grande Prêmio de Abu Dhabi, última prova do campeonato, e 31 de dezembro deste ano.

Apesar disso, os treinos sofreram muitas restrições, resumindo-se a um máximo de três dias para cada equipe. Os times deverão ainda utilizar pilotos que não tiverem disputado mais que duas corridas nos últimos 24 meses ou testado para a categoria em mais de quatro dias nesse mesmo período de tempo.

Até o fim da temporada 2009, oito dias de testes em linha reta ou raio constante, em lugares obrigatoriamente aprovados pela FIA, poderão ser realizados.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *