F1: Barrichello ficou feliz com desempenho no Canadá

O fim de semana do brasileiro Rubens Barrichello que parecia ruim, terminou muito bem. Após sofrer com uma infecção na garganta e não saber se conseguiria disputar a etapa canadense do Mundial de Fórmula 1, Rubinho chegou a liderar por algumas voltas, terminou em sétimo e se disse “muito feliz” com seu desempenho.

“Estou feliz com o meu desempenho na prova, mas principalmente em manter esta fase de marcar pontos, que começou em Mônaco”, declarou Rubens Barrichello.


Após largar em nono, Rubinho foi beneficiado na volta 17 pela entrada do carro de segurança, que levou os primeiros colocados a fazer suas paradas. Com o surpreendente acidente envolvendo Hamilton e Raikkonen, ele pulou para a segunda colocação e após a parada nos boxes de Nick Heidfeld, o brasileiro liderou a prova por sete voltas, até fazer sua única parada para troca de pneus e reabastecimento, na volta 36.


Depois das paradas Rubens estava correndo em quarto, mas lutava com a falta de aderência e acabou escapando na curva 4 na volta 59. Isso permitiu que Timo Glock e Jarno Trulli o ultrapassassem, fazendo-o cair para sexto. Rubens lutou muito para defender sua posição nas 11 voltas restantes e, embora Felipe Massa tenha conseguido passá-lo, ele conseguiu manter Sebastian Vettel atrás dele, recebendo a bandeirada na sétima posição.


“Estou feliz com os dois pontos de hoje, especialmente porque quando iniciamos o final de semana, nós pensávamos que nossas chances de terminar nos pontos eram remotas. Foi uma corrida muito difícil e eu não estava me sentindo muito bem de saúde desde ontem, devido a um resfriado, o que tornou a prova um desafio físico ainda maior”, declarou Barrichello.


A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1, será realizada no circuito de Magny-Cours, na França, dia 22 de junho.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *