F1: Barrichello, sem ordens de equipe, fica preso atrás de Button

O brasileiro Rubens Barrichello largou na 16ª posição e concluíu a prova na 11ª colocação, porém poderia ter alcançado os pontos, mesmo com seu Honda inferior aos concorrentes.


Barrichello ficou a primeira parte da corrida preso atrás de seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button que claramente possuía um carro bem mais lento que o brasileiro.

Porém, diferentemente de outros times, a equipe Honda não costuma utilizar de ordens de box para definir a posição de seus pilotos na pista, o que obrigou o brasileiro a ultrapassar seu companheiro de equipe de forma justa. “Eu estava perdendo tempo atrás de Jenson na primeira parte da prova, mas corrida é assim. Não temos ordens de equipe, então tive de achar um caminho para passar e continuar”, declarou Barrichello.

Mesmo com esse problema e tendo um leve toque no muro na tentativa de se aproximar de Button, Barrichello se mostrou satisfeito com sua prova: “Tivemos uma corrida competitiva. Os pneus funcionaram bem e nossa estratégia, também. Poderíamos ter saído com pontos daqui”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *