F1: BMW nega cópia de rodas da Ferrari

O diretor técnico da BMW Sauber, Mario Theissen, negou que a escuderia tenha copiado o estilo de rodas da Ferrari. Segundo o dirigente, o fato de haver uma semelhança não significa que houve espionagem.

“Existe uma diferença fundamental entre o automobilismo esportivo e outras indústrias técnicas. Na competição não existem patentes. Não pode proteger suas próprias idéias uma vez que saem da fábrica e podem ser vistas na pista”, afirmou Mario Theissen, segundo o jornal Bild.


“Assim que aplicar inovações que são visíveis em outros carros é algo completamente normal. Os rivais fornecem idéias e vice-versa”, completou.


Esse tipo de situação fez com que as escuderias utilizassem proteções nos boxes para evitar qualquer tipo de cópia de idéias. No ano passado, a McLaren foi multada em US$ 100 milhões e perdeu todos os pontos no Mundial de Construtores após a acusação de ter usado dados passados por um ex-funcionário da Ferrari.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *