F1: Briatore diz que Mosley faz parte de seu passado

Flavio Briatore já está liberado para voltar à Fórmula 1 em 2013, mas ele garante que não vai esquecer o que Max Mosley fez com ele. Foi na gestão do ex-presidente da FIA que o antigo chefe da Renault foi banido do automobilismo.

Briatore comentou que Mosley chegou a entrar em contato quando seu filho nasceu.
“Ele me mandou uma mensagem de texto dando os parabéns pelo nascimento de Falco, mas Mosley é parte de meu passado. No meu futuro não haverá lugar para ele. Isso foi muito ruim para minha história. Sofri uma injustiça. Mas a verdade, o poder da verdade, vence sempre”, afirmou Briatore à revista Chi.
Ele ainda disse que Jean Todt será um bom presidente da FIA.
“Estou feliz por Jean, meu amigo de 20 anos. Graças a ele, a FIA agora pode respirar serenamente novos ares”, disse.
Briatore foi banido de competições da FIA após o escândalo em que forçou Nelsinho Piquet a forçar uma batida no GP de Cingapura de 2008 e beneficiar seu companheiro, Fernando Alonso. Neste ano, o dirigente foi liberado para retornar em 2013.
Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *