F1: Bruno Senna acelera carro da última vitória de Ayrton na F1

Piloto da HRT F1 é atração do Festival da Velocidade em Goodwood, na Inglaterra

Bruno Senna vai pilotar neste fim de semana um dos carros mais importantes da vitoriosa carreira do tio Ayrton. Convidado pelos organizadores, o piloto da HRT F1 Team conduzirá a McLaren MP4/8-Ford no Festival da Velocidade de Goodwood, na Inglaterra. O modelo de 1993 – coincidentemente, ano da primeira edição do evento em Goodwood – venceu os GPS do Brasil, Europa (Donington Park), Mônaco, Japão e Austrália. Foi em Adelaide que o tricampeão conquistou a última de suas 41 vitórias na Fórmula 1.

Será a quarta vez que Bruno integrará a lista de inscritos em Godwood. Anteriormente, havia participado em 2005, com uma McLaren, em 2006 com uma Lotus e novamente com uma McLaren em 2009. “Não vejo a hora de acelerar o carro. Ele tem um valor sentimental e histórico enorme, por tudo aquilo que representou na história do Ayrton. Foi com ele que ganhou também a sexta corrida em Mônaco”, lembrou Bruno.

Nesta quarta-feira, Bruno foi a Genebra (Suíça) buscar uma nova bicicleta que passará a utilizar em seus treinamentos físicos pelas estradas do sul da França. A partir da sexta-feira, iniciará as atividades na pista em subida de Goodwood, que receberá outros astros da Fórmula 1 como o líder Lewis Hamilton e o segundo colocado da temporada, Jenson Button. “Devo andar duas vezes por dia até domingo. O MP4/8 é praticamente original. A maior diferença são os pneus, que serão os Avon desenvolvidos especialmente para subidas de montanha”, explicou.

Na Inglaterra, Bruno estará com um olho nos carros e outro na televisão. Depois de assistir à primeira fase da Copa do Mundo em Mônaco, onde também viu a vitória sobre o Chile nas oitavas-de-final na companhia de Felipe Massa e Lucas di Grassi, Bruno estará ligado no “mata-mata” das quartas-de-final entre Brasil e Holanda. “Será uma partida difícil, mas acredito na vitória da seleção no tempo normal. Vamos passar às semifinais, tenho certeza”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *