F1: Bruno Senna diz que escolha de Heidfeld foi “lógica”

Piloto reserva da Lotus Renault GP quer ajudar mais a equipe neste ano

Bruno Senna recebeu com naturalidade a confirmação pela Lotus Renault GP do nome do alemão Nick Heidfeld para ocupar a vaga do polonês Robert Kubica, ainda hospitalizado em decorrência do acidente em prova de rali na Itália no final da semana passada. “A equipe buscava alguém experiente para substituir o principal piloto da equipe. Dentre as opções, Heidfeld era a escolha lógica por causa de sua história de mais de 10 anos na Fórmula 1 e pelo papel que desempenhou no desenvolvimento dos atuais pneus Pirelli”, comentou.

Nesta sexta-feira, Bruno estará em Barcelona cumprindo as funções de terceiro piloto da Lotus Renault GP. Estará também presente a todas as etapas do campeonato, começando pela abertura do calendário no dia 13 de março no Bahrein. Satisfeito com o próprio desempenho e pelos elogios recebidos da direção da equipe pelo seu trabalho no domingo passado em Jerez, Bruno agradeceu a oportunidade de voltar a andar num carro de Fórmula 1 realmente competitivo depois dos testes pela Honda em Barcelona no fim de 2008. “Fiquei contente com a chance. Agora, espero poder ajudar a equipe mais e mais neste ano.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *